Por: A Tribuna
16/08/2023
08:03

Na segunda-feira, 21 de agosto a atração da sessão de Cinema do Projeto Luz & Sombras é o filme “O Rolls-Royce Amarelo”. Uma deliciosa comédia sobre as aventuras de um Rolls-Royce dividido em três episódios, mostrando as diferentes aventuras de três proprietários do Rolls-Royce com um elenco de astros internacionais. Um clássico maravilhoso. A exibição acontecerá no auditório da Rádio Cultura Municipal FM, na Praça Pádua Salles, centro, a partir das 19h30.

Sinopse

Em três histórias diferentes e em tempos distantes, um luxuoso Rolls Royce amarelo testemunha histórias de amor e traições envolvidas pelos seus donos: um aristocrata Inglês enganado por sua esposa francesa, um gangster de Chicago, que passa as férias na Itália com sua noiva, e uma destemida milionária americana. A partir da aquisição do carro título, os personagens experimentam situações que influenciarão seus destinos decisivamente.

Elenco Internacional

O elenco conta com estrelas internacionais. A francesa Jeanne Moreau (1928-2017) interpreta uma aristocrata inglesa; Rex Harrison é o Marquês Charles Frinton, marido de Moreau. O egípcio Omar Sharif (1932-2015) interpreta um lutador pela liberdade da Iugoslavia; o francês Alain Delon interpreta um fotógrafo, a sueca Ingrid Bergman (1915-1982) interpreta uma grande dama sueca que se tornou cidadã norte-americana. George C. Scott vive a personagem de Paolo Maltese, um mafioso italiano. Shirley MacLaine interpreta Mae Jenkins a amante de Maltese que passa a ter um caso com o fotógrafo (Delon) que cruza seu caminho.

As filmagens aconteceram nos estúdios britânicos da MGM em Londres e em locações na Grã-Bretanha, na Itália e na Áustria. O filme de Anthony Asquith se tornou muito interessante por causa de sua construção, usando o carro como eixo para três histórias onde há combinações de personagens e situações muito diferentes. O Rolls- Royce é a estrela maior do filme, mas também há performances agradáveis do maravilhoso elenco. Os figurinos foram produzidos por Edith Head e Pierre Cardin.

O Rolls-Royce usado neste filme era um Phantom II Barker Sedanca de Ville 1931 azul claro, que os técnicos da MGM cobriram com vinte demãos de tinta amarela; algumas camadas de preto foram adicionadas ao topo do capô, ao teto e às asas.

História do Rolls Royce

Para entender a grandiosidade da marca, devemos fazer uma breve viagem histórica até o início do século XX. Em 15 de março de 1906, Henry Royce e Charles Stewart Rolls, fundaram a companhia de automóveis e aeronáutica, Rolls Royce.

Royce era um engenheiro mecânico dono de uma pequena oficina na Inglaterra e de um grande talento com motores. Rolls era um lorde britânico apaixonado por automobilismo, que já tinha uma montadora de veículos de alto padrão em Londres.  Unindo essas duas forças, portanto, surgiu o que viria a ser uma marca de renome internacional, que em todos os aspectos remete à classe e sofisticação. 

O primeiro carro da marca, o Silver Ghost, foi feito de maneira manual pelo mecânico fundador. Desde então, esse vem sendo o modo de fabricação aplicado em seus veículos. Essa característica tão única é um dos fatores que influencia o alto valor dos carros.

No entanto, para a época o diferencial do veículo não era a manufatura, mas o seu motor silencioso que, junto com a cor predominante, deu nome ao veículo, que na tradução para o português significa Fantasma Prateado.

Por fim, esse conjunto de atributos chamou atenção de estrelas de cinema e da realeza britânica. Logo, desde o primeiro carro, a Rolls Royce se consolidou como uma marca para a mais alta elite e figurou em muitos filmes.

O Espírito do Êxtase

O Espírito do Êxtase (Spirit of Ecstasy, em inglês) é o principal símbolo da Rolls-Royce, presente na extremidade do capô de todos os seus carros desde 1911. O êxtase é representado como uma estatueta feminina inclinada prestes a alçar voo.

Charles Stewart Rolls também tinha paixão por aviões, sendo o primeiro britânico a atravessar o Canal da Mancha em um avião, além de ser também o primeiro inglês a morrer num desastre aéreo em 1910, aos 32 anos. Já Henry Royce morreu em 1933, aos 70 anos.

Após a morte dos dois fundadores, a Rolls Royce continuou se expandindo, principalmente no ramo aéreo.

Já com grande presença no mercado e uma história ilustre, a Rolls Royce foi vendida pelo governo inglês, em 1980, para a empresa Vickers. 7 anos depois, essa mesma empresa também vendeu a marca para a Volkswagen. Mesmo com tantas idas e vindas, a Rolls Royce mantém intacto seu padrão de qualidade e de nobreza.

O filme “Rolls- Royce Amarelo” produzido em 1964 foi indicado a 2 categorias no BAFTA: melhor fotografia britânica em cores e melhor figurino britânico em cores; no Globo de Ouro, mais 2 nomeações: melhor partitura original e vencedor de melhor canção original. É um clássico maravilhoso que logo de entrada se inicia com a uma música em sinfonia muito marcante para aqueles bons tempos do cinema.

 

Ficha técnica

O Rolls- Royce Amarelo

Elenco: Ingrid Bergman, Rex Harrison, Shirley MacLaine, Jeanne Moreau, George C. Scott, Omar Sharif, Alain Delon, Art Carney, Joyce Grenfell, Edmund Purdom.

Roteiro Original: Terence Rattigan

Música: Riz Ortolani    

Diretor de Fotografia: Jack Hildyard

Figurinos: Edith Head & Pierre Cardin

Direção: Anthony Asquith

Uma produção da Metro Goldyn Mayer de 1964

Gênero: Comédia dramática


  Compartilhar

Assinar o Jornal



Identificação do Assinante


Digite nos campos abaixo o seu e-mail ou CPF de cadatro em nosso site e sua senha de acesso.


Esqueceu o seus dados? Fale com a gente!

Assinatura
situs togel slot agen toto 4d togel macau slot mahjong wayz srbnews.id bandar togel online slot demo habanero situs slot pg soft wahtogel wahtogel unsurtoto unsurtoto unsurtoto unsurtoto unsurtoto unsurtoto situs togel online situs togel online togel macau togel slot