Por: A Tribuna
20/01/2020
10:30

A fazenda Atalaia, localizada na Rodovia Antônio Casalini (SP352) Km 137,5 inaugurou na última quinta-feira, 16 de janeiro, a exposição “Patrimônio Orgânico – Releituras de uma Fazenda Centenária”, da artista plástica Olga Serra. A mostra reúne uma série de releituras da fazenda Atalaia realizadas por Olga Serra. A fazenda Atalaia é uma propriedade datada de 1860, que teve seu espaço adaptado para atividades que visam à promoção e difusão dos valores materiais e imateriais do patrimônio cultural paulista. A exposição ficará aberta ao público até o dia 16 de fevereiro de 2020.

A série de aquarelas, com pinceladas firmes, marcam por meio da profusão das cores os diversos ângulos e pontos de fuga em suas obras, sendo possível vislumbrar não apenas as edificações históricas da fazenda, mas também as árvores e demais elementos que compõem a identidade arquitetural do período do Café. Olga também demonstra forte sensibilidade em relação às pessoas que visitam a Atalaia, já que elas constituem a essência do trabalho de valorização do espaço e meio ambiente da fazenda.

Olga Maria

A renomada artista plástica Olga Maria Job Serra já teve exposições em grandes eventos culturais, como a Bienal Nacional de 1976; no Centro Cultural São Paulo em 1987; Centro Cultural Jabaquara em 1988; Circolo Italo Brasiliano de Itapira, em 1989; Fundação Cásper Líbero, em 1991; Mapa Cultural Palista, em 1997; Bar dos Artistas, em 1998; Pinacoteca Municipal de Itapira e de Amparo e Conferência da Saúde, em 1999; Espaços Alternativos de Itapira e Centro Cultural de Mogi Mirim, em 2000; e Centro  Cultural de Mogi Guaçu, em 2010.


  Compartilhar

Assinar o Jornal



Identificação do Assinante


Digite nos campos abaixo o seu e-mail ou CPF de cadatro em nosso site e sua senha de acesso.


Esqueceu o seus dados? Fale com a gente!

Assinatura