Por: Jornal A Tribuna
01/12/2022
09:00

A exposição “Caminhos”, do escultor Gilmar Pinna, já pode ser visitada na Praça Pádua Salles, em Amparo. As peças, 16 no total, integram as atrações preparadas pela Prefeitura da Estância de Amparo para o Natal deste ano e contam a história de Jesus, do nascimento à ressurreição, levando o espectador a refletir sobre a vida de Cristo. De acordo com o artista, a sequência de obras foi pensada para retratar o nascimento, tanto na vida na terra, quanto na vida espiritual. As obras ficarão expostas até abril de 2023, encerrando a Paixão de Cristo. É a primeira vez que o artista expõe todas as peças juntas.

Cada escultura mede cerca de três metros de altura e foram produzidas a partir de aço inoxidável. Segundo Pinna, foram anos de trabalho até chegar a esse resultado, que nasce com o Natal e termina no que ele chama de “segundo Natal”.

“Natal, natalidade, nascimento de alguém. No caso de ‘Caminhos’, é o nascimento do menino Jesus. O Natal que Jesus nasce é o primeiro Natal. Um Natal que nos remete ao nascimento dos nossos filhos, dos nossos netos, dos filhos de amigos, ou seja, dos filhos da geradora. É onde começa este caminho. Na minha exposição mostro, a partir desse nascimento, desse Natal, o que acontece com o menino Jesus e mostro o caminho dele até a ressurreição, que é o nascimento eterno de Jesus, quando ele renasce no coração de todos, naquele que é o segundo Natal”, explicou.

Ele espera que as obras possam levar reflexão sobre os caminhos de Cristo e que o público se inspire na história de Jesus. “Não quero que notem a mim, que fui apenas uma ferramenta usada por Jesus, mas vejam o caminho dele, que é de amor”, frisou.

Gilmar Pinna 

O escultor Gilmar Pinna é natural de Ilhabela e possui suas peças em vários municípios brasileiros. Autodidata, ele iniciou sua carreira artística aos 10 anos, realizando esculturas em areia, conquistando aos 12 anos o Primeiro Prêmio de Escultura em Areia do Litoral Norte Paulista.

Da areia, Pinna descobriu o aço e se debruçou sobre essa arte. Hoje, suas peças podem ser visitadas em cidades como Ilhabela, Aparecida, Praia Grande e Guarulhos. O artista também tem esculturas em praças públicas na Itália, Suíça, Espanha e Portugal.


  Compartilhar

Assinar o Jornal



Identificação do Assinante


Digite nos campos abaixo o seu e-mail ou CPF de cadatro em nosso site e sua senha de acesso.


Esqueceu o seus dados? Fale com a gente!

Assinatura