Por: A Tribuna
22/03/2022
10:03

A Academia Amparense de Letras (AAL) promoveu na sexta-feira, 18 de março, a sessão solene de posse dos cinco novos acadêmicos eleitos no final do ano passado. O evento foi realizado na sede da Câmara Municipal de Amparo, na Praça Tenente José Ferraz de Oliveira, 179, centro de Amparo, e contou com a presença dos membros da AAL, autoridades e convidados. Os cinco novos acadêmicos que tomaram posse posse são: professora Heloisa Helena Paiva De Luca (cadeira 06), professora Regina Estela Moretto Endrighi (cadeira 20), professor Nelson Machado Filho (cadeira 23), doutor Guilherme Mantovani Coli (cadeira 28) e doutor André Luiz Bogado Cunha (cadeira 40). A sessão de posse foi presidida pelo presidente da AAL, doutor José Tadeu de Campos Nóbrega.

Os novos acadêmicos foram apresentados pelos integrantes da AAL que os indicaram para as respectivas cadeiras. Os novos acadêmicos também discursaram. Para o presidente da AAL, o momento enalteceu a cultura de Amparo.

Os novos acadêmicos

A Academia Amparense de Letras elegeu no dia 21 de dezembro de 2021, cinco novos “imortais”. Sob a Presidência do acadêmico José Tadeu de Campos Nóbrega, a AAL realizou Assembleia Geral Extraordinária para o preenchimento de cinco das seis cadeiras que, até então, estavam vagas na instituição.

Para a Cadeira 6 (patrono Jorge Pires de Godoy), que teve por fundador o acadêmico Amadeu Fontana Lindo (1914-1985) e segundo ocupante o acadêmico Antonio Carlos de Oliveira (1936-2021), foi eleita a professora Heloísa Helena Paiva de Luca.

Para a Cadeira 20 (patrono Carlos Affonso Lopes de Burgos), que teve por fundadora a acadêmica Eulalia Apparecida de Carvalho Spinelli (1928-2021), foi eleita a professora Regina Estela Moretto Endrighi.

Para a Cadeira 23 (patrono Moacyr Pereira), que teve por fundador o acadêmico Ildefonso de Paula Oliveira (1933-2021), foi eleito o professor Nelson Machado Filho.

Para a Cadeira 28 (patrono Nelson Alves de Godoy), que teve por fundador o acadêmico José Eduardo Pimentel de Godoy (1937-2020), foi eleito o advogado Guilherme Coli Mantovani.

Para a Cadeira 40 (patrono Pedro Paulo Pace), que teve por fundador o acadêmico Roberto Cesar Guardino Madureira e como segundo ocupante o acadêmico Amauri Canhos Alonso, foi eleito o promotor de Justiça e escritor André Luiz Bogado Cunha.

Todos os acadêmicos foram eleitos por unanimidade de votos dos presentes à Assembleia. Com a eleição desses cinco novos “imortais”, restam vagas na AAL duas cadeiras: a cadeira 5 (patrono Sebastião de Campos), de que era titular o acadêmico Adib Feres Sad, falecido na manhã de 10 de março último, e a cadeira 34 (patrono Paranhos de Siqueira), de que era titular o acadêmico José Carlos de Souza, falecido na noite em 17 de dezembro do ano passado.


  Compartilhar

Assinar o Jornal



Identificação do Assinante


Digite nos campos abaixo o seu e-mail ou CPF de cadatro em nosso site e sua senha de acesso.


Esqueceu o seus dados? Fale com a gente!

Assinatura
situs togel slot agen toto 4d togel macau slot mahjong wayz srbnews.id bandar togel online slot demo habanero situs slot pg soft wahtogel wahtogel unsurtoto unsurtoto unsurtoto unsurtoto unsurtoto unsurtoto situs togel online situs togel online togel macau togel slot