Por: A Tribuna
26/08/2020
19:08

A cidade de Amparo continua registrando novos casos da Covid-19, porém em ritmo menor. De acordo com a última edição da tabela de monitoramento, divulgada pela equipe de Vigilância em Saúde do município, às 18h55, de quarta-feira, 26 de agosto, foram registrados 43 novos casos da doença nos últimos sete dias, totalizando 690 casos. Essa é a primeira semana com menos de 50 novos casos registrados desde a primeira semana de julho, quando foram registrados 40 casos em sete dias. Na segunda semana de julho tivemos o pico do confirmações, com 123 novos casos. Depois foram 53 casos na terceira semana e 93 casos na quarta semana de julho. Na primeira semana de agosto foram registrados 79 casos, enquanto 82 novos casos foram registrados na segunda semana. Na semana passada foram registrados 74 novos casos, até esta semana com o registro de 43 casos.

height=180

Pacientes em tratamento e recuperados

Os pacientes considerados recuperados também seguem crescendo. De acordo com as atualizações 47 pacientes receberam alta hospitalar nos últimos sete dias, fazendo com que o total de pacientes recuperados chegasse a 639. No momento existem 32 pacientes em tratamento, sendo 21 em tratamento domiciliar e 11 internados.

Descartados e suspeitos

O total de casos suspeitos descartados teve um aumento de 167 casos nestes últimos sete dias, totalizando 1619 casos. Já os casos suspeitos seguem altos. De acordo com a última atualização são 95 pacientes aguardando resultados de exames e 443 cidadãos em isolamento domiciliar com sintomas gripais.

O número de óbitos confirmados por Covid-19 no município se manteve em 19, mas na sexta-feira, 21 de agosto, um homem de 75 anos faleceu na Santa Casa Anna Cintra, e segue como um caso suspeito de Covid-19.

Beneficência Portuguesa está com 100% dos leitos de UTI ocupados

Os dois hospitais da cidade têm cenários bem distintos esta semana. Enquanto o Hospital Beneficência Portuguesa apresenta 100% de ocupação dos leitos da Unidade de Terapia Intensiva (UTI) exclusivo para Covid-19 e 36% de ocupação dos leitos da Enfermaria, a santa Casa Anna Cintra tem apenas 8% dos leitos de UTI ocupados e 25% dos leitos de Enfermaria.


  Compartilhar

Assinar o Jornal



Identificação do Assinante


Digite nos campos abaixo o seu e-mail ou CPF de cadatro em nosso site e sua senha de acesso.


Esqueceu o seus dados? Fale com a gente!

Assinatura