Por: A Tribuna
19/09/2023
11:04

Manter o ambiente, seja ele doméstico ou profissional, limpo e organizado deve ser encarado como prioridade quando o assunto é saúde e qualidade de vida. Uma das principais vantagens do hábito, inclusive, tange a saúde: diminuir a proliferação de poeira, ácaros e bactérias, todos diretamente relacionados com rinite, gripes, alergias e infecções respiratórias, ajuda a evitar essas doenças. Tal prática ainda é responsável por prevenir acidentes domésticos, principalmente com idosos e crianças, evitando quedas, choques elétricos e intoxicação por produtos eventualmente armazenados em locais inadequados.

Do ponto de vista emocional, lares limpos e organizados também trazem melhora no humor, na disposição e no bem-estar dos moradores. “Isso reflete muito sobre a saúde mental, claro, se a pessoa também estiver bem socialmente com relação à família. O descarte correto de comidas, restos de alimentos e outros itens que normalmente se acumulam no dia a dia precisa ser feito, inclusive, no exterior da residência. Para isso, é necessário um local bem fechado ou uma lixeira externa, longe de casa, pois esse material traz muitas moscas e insetos em geral”, explica Roberta Von Zuben, psicóloga do Vera Cruz Hospital.

Por outro lado, a desorganização e a sujeira podem gerar angústia, ansiedade e estresse. “Cama não arrumada, louça não lavada, isso reflete muito o comportamento desse indivíduo e, muitas vezes, ele está pedindo ou precisando de ajuda. Podem ser sinais do início de uma depressão ou já está nesse processo”, completa a especialista. Para manter uma rotina que caiba no dia a dia, o ideal é definir uma frequência para cada tarefa e mantê-la.

O mercado de produtos de limpeza tem trazido produtos para facilitar o dia a dia doméstico. Segundo o Anuário 2023 da Associação Brasileira das Indústrias de Produtos de Higiene, Limpeza e Saneantes (Abipla), supermercados e hipermercados brasileiros tiveram aumento de 3,8% em 2022 (com projeção de 2,5% em 2023) nas vendas do setor de home care. 

A psicóloga Roberta Von Zuben, no entanto, alerta para que a limpeza e a organização não se tornem um transtorno. “O excesso traz malefícios para toda a família. Uma pessoa com mania de limpeza, que mantém tudo limpo e organizado e não consegue ver algo diferente da forma como está acostumada, sempre estará em discussão com os membros da família, e todos sofrerão as consequências”, conclui.


  Compartilhar

Assinar o Jornal



Identificação do Assinante


Digite nos campos abaixo o seu e-mail ou CPF de cadatro em nosso site e sua senha de acesso.


Esqueceu o seus dados? Fale com a gente!

Assinatura
situs togel slot agen toto 4d togel macau slot mahjong wayz srbnews.id bandar togel online slot demo habanero situs slot pg soft wahtogel wahtogel unsurtoto unsurtoto unsurtoto unsurtoto unsurtoto unsurtoto situs togel online situs togel online togel macau togel slot oryornoi naturalmarkeet mgjakartaselatan