Por: Jornal A Tribuna
16/01/2023
14:00

Aconteceu na manhã de quinta-feira, 12 de janeiro, a passagem de chefia da unidade do Tiro de Guerra de Amparo (TG 02-001). O 1º sargento Edvaldo Guedes da Rocha se despediu da função de chefe de Instrução, após três anos, e também inaugurou sua fotografia na Galeria de Ex-Chefes de Instrução. "Não há palavras suficientes para agradecer por esta tão rica oportunidade, de exercer a função de instrutor nesta unidade do TG e ser um representante do Exército, com 150 jovens brasileiros na formação cívico-militar", discursou. Ele agradeceu aos funcionários da unidade, da Prefeitura e aos órgãos de Segurança Pública, pela sadia convivência e apoio prestado. "Pelos resultados alcançados, foi um privilégio, juntamente com a profunda realização profissional. O sentimento de gratidão está em minha mente. Ao meu sucessor, desejo sucesso na nova e desafiadora empreitada e que, juntamente com sua família, sejam muito felizes em Amparo", finalizou sgt. Guedes, que atuará no Centro de Comunicação Social do Exército, na capital federal.

Quem assumiu a chefia de instrução do TG, foi o 1º sargento Fábio Sabino da Silva, que estava servindo no 51º Batalhão de Infantaria de Selva, em Altamira/PA. A cerimônia de posse contou com a presença do prefeito municipal de Amparo, Carlos Alberto Martins (MDB), que também é diretor honorífico do TG; do presidente da Câmara Municipal, vereador Edilson José – Dil (PSD) e da vereadora Rosa Montini (PSDB), além do secretário municipal de Segurança Pública, Anderson Lima.

 

Discurso do Prefeito

O prefeito, durante seu discurso, deu as boas-vindas a Fábio, agradeceu a dedicação do sargento Guedes e declarou: "sou defensor do Tiro de Guerra, fui um dos jovens que aqui serviu e gostaria muito que fosse ampliado para atender mais jovens ainda. Enquanto prefeito, tenho a honra de dizer que nosso governo, em tão pouco tempo, foi o que mais fez pelo Tiro de Guerra. Tanto nos cuidados, na valorização e, principalmente, em reconhecer o atirador de uma maneira diferenciada". Carlos Alberto citou a Lei Municipal nº 4253/2022, sugerida pela vereadora Rosinha e aprovada ano passado, que concede a Bolsa Atirador como ajuda de custo para os atiradores carentes.


  Compartilhar

Assinar o Jornal



Identificação do Assinante


Digite nos campos abaixo o seu e-mail ou CPF de cadatro em nosso site e sua senha de acesso.


Esqueceu o seus dados? Fale com a gente!

Assinatura
situs togel slot agen toto 4d togel macau slot mahjong wayz srbnews.id bandar togel online slot demo habanero situs slot pg soft wahtogel wahtogel unsurtoto unsurtoto unsurtoto unsurtoto unsurtoto unsurtoto situs togel online situs togel online togel macau togel slot oryornoi naturalmarkeet mgjakartaselatan