Por: A Tribuna
25/01/2024
18:00

Com as férias escolares de verão, está aberta a temporada de pipas na região de Campinas. Para colorir o céu sem acidentes, que podem ser até fatais, ou causar interrupções no fornecimento de energia, a CPFL Paulista dá dicas de segurança. Em 2023, Amparo registrou 16 ocorrência de interrupções de energia causadas por pipa. O número é menor que 2022, quando o total foi de 34 ocorrências.

Em 2023, Campinas foi a cidade que mais registrou casos: 543, embora, mesmo com o alto número, apresentou queda significativa no número de casos em relação a 2022, foram 22,4% menos casos. A Região Metropolitana de Campinas (RMC) computou 21% menos ocorrências do que no ano passado.  

Orientação

A regra de ouro é nunca empinar pipas perto da fiação elétrica. Os locais ideais para essa brincadeira são campos abertos. Também é importante evitar a prática no entorno de rodovias e canteiros de avenidas, onde não só a rede de energia exige atenção, mas também o tráfego de veículos pode ser um fator de risco. 

Caso o brinquedo caia próximo a equipamentos ou fiação do sistema elétrico, pode ser até tentador, mas em hipótese alguma tente resgatá-lo.  “Qualquer pessoa que se aproxima da rede, utilizando objetos para facilitar o alcance da pipa, se expõe a risco de sofrer descargas elétricas. E um choque pode ser fatal”, afirma Marcos Victor Lopes, gerente de Saúde e Segurança Trabalho do Grupo CPFL Energia. 

A CPFL Paulista também alerta para a proibição do uso de cerol ou da chamada ‘linha chilena’. Segundo Marcos Victor, por conduzirem energia, as substâncias usadas nessas linhas aumentam os riscos de choque, quando em contato com a rede elétrica. “Essas linhas podem romper cabos da rede e provocar curtos-circuitos, interrompendo o fornecimento de energia e colocando em risco a vida de pedestres, ciclistas e motociclistas.” O uso de cerol ou linha chilena são considerados crime em São Paulo, de acordo com a Lei Estadual no. 12.192, de 2006.  

Em caso de ocorrências do tipo, a CPFL Paulista orienta as pessoas a ficarem o mais distante possível do fio partido. Se houver vítimas no local, Corpo de Bombeiros, SAMU ou outro órgão de socorro médico deve ser acionado imediatamente. 

Ocorrências

As orientações de segurança fazem parte da campanha Guardião da Vida, do Grupo CPFL, um trabalho constante de conscientização sobre os riscos de interação próxima da rede elétrica. Os alertas relacionados a pipas são tema de palestras desenvolvidas especialmente para alunos da rede pública de ensino. O esforço tem como objetivo a redução dos números de ocorrências no sistema elétrico causadas quando essa brincadeira, tão tradicional, é praticada de forma inadvertida.

“O resultado que buscamos é zero ocorrência não apenas pelas questões que afetam o fornecimento de energia, mas, principalmente, pelos riscos de acidente com a população. Esse é o objetivo número 1 do programa, que, não por acaso, tem o nome de Guardião da Vida. Uma campanha alinhada ao valor inegociável da CPFL: Segurança”, conclui Marcos Victor.  

 

Confira Outras orientações para evitar acidentes

Evite “rabiolas”. Esse adereço pode até ser bonito, mas o risco de embaraçar nos fios elétricos é grande. Se isso ocorrer, pode causar desligamento do sistema ou provocar choques, muitas vezes fatais; 

 

Não utilize linhas metálicas, como bobinas de fio de cobre, ou papel alumínio na confecção do brinquedo. Esse tipo de material potencializa risco de curtos-circuitos; 

 

Nenhum objeto é seguro para resgatar uma pipa da fiação, nem canos, bambus, tampouco linhas para laçá-la;

 

Essa brincadeira não é para dias de chuva. A pipa funciona como para-raios, atraindo raios e relâmpagos, e conduzindo energia até a pessoa que a está empinando;

 

Cidades

2021

2022

*2023

Campinas 

750 

700 

543 

Sumaré 

220 

210 

213 

Hortolândia 

282 

187 

137 

Santa Bárbara d'Oeste 

125 

101 

110 

Águas de Lindóia 

Piracicaba 

160 

188 

112 

Itapira 

52 

60 

25 

Americana 

72 

122 

75 

Itatiba 

35 

55 

72 

Amparo 

16 

34 

16 

Lindóia 

Monte Mor 

61 

86 

93 

Paulínia 

38 

35 

24 

Espírito Santo do Pinhal 

13 

Nova Odessa 

32 

57 

27 

Capivari 

119 

41 

36 

Analândia 

Charqueada 

11 

Cosmópolis 

50 

39 

28 

Rafard 

23 

Saltinho 

Serra Negra 

11 

Socorro 

Torrinha 

15 

Águas de São Pedro 

Elias Fausto 

10 

13 

16 

Mombuca 

Monte Alegre do Sul 

Morungaba 

Rio das Pedras 

13 

Santa Maria da Serra 

Santo Antônio do Jardim 

São Pedro 

30 

33 

22 

Valinhos 

19 

21 

27 

 

 

 

 

TOTAL REGIONAL

2021

2022

*2023

 

2154 

2066 

1630 

(*Dados de 2023 são preliminares, devido à apuração parcial de dezembro)  


  Compartilhar

Assinar o Jornal



Identificação do Assinante


Digite nos campos abaixo o seu e-mail ou CPF de cadatro em nosso site e sua senha de acesso.


Esqueceu o seus dados? Fale com a gente!

Assinatura