Por: A Tribuna
05/02/2024
09:02

Preocupada em diminuir o risco da proliferação do Aedes Aegypti, que é o mosquito transmissor da Dengue, Chikungunya e Zika Vírus, a Prefeitura de Amparo, por meio de ações da Secretaria Municipal de Saúde, realizou na sexta-feira, 2 de fevereiro, o lançamento de uma campanha de prevenção e conscientização da população.

Para manter a vigilância e o controle dessas doenças na cidade, é necessário que a população reforce os cuidados já bastante conhecidos, além das ações que são desenvolvidas pelo município.

A campanha intitulada “Amparo Unida Contra a Dengue”, tem o intuito de incentivar cada vez mais a população de que o combate ao mosquito é simples e importante.

Segundo o Boletim Epidemiológico informado pela Vigilância em Saúde mostra que em 2024, até 30 de janeiro, a cidade teve 19 casos notificados e 16 confirmados de Dengue, superando o número de casos de janeiro de 2023, porém nenhum de Chikungunya e Zika.

Os territórios com mais notificações foram registrados nos bairros América e Camanducaia, seguindo a tendência do ano anterior.

Para a Diretora de Vigilância em Saúde, Adriana Gomes Concimo, todos os moradores precisam estar unidos nesta batalha contra o mosquito, não deixando água parada em pneus, caixas d’água e outros recipientes.

“A população está convocada a dar sua contribuição, para que possamos ficar longe do Aedes Aegypti e evitar que nossas famílias fiquem suscetíveis a contrair a Dengue, Chikungunya e Zika Vírus. É muito importante que todos colaborem para eliminarmos os criadouros dentro das residências”, enfatizou a Diretora de Vigilância em Saúde.

As ações de prevenção e combate à Dengue e ao mosquito Aedes aegypti no município são contínuas e estão sendo reforçadas com: equipes em campo, atividades de visitas casa a casa, vistorias a imóveis e pontos vulneráveis, ações de bloqueios de criadouros, nebulizações e orientações à população.

No planejamento da campanha de combate ao mosquito serão intensificadas atividades como a operação Cata Bagulho, limpeza e manutenção de vias públicas e mutirões nas residências, além de mapeamento e acompanhamento dos casos suspeitos e positivos nas unidades básicas de saúde, entre outros serviços de saúde do município.

Em 2023, Amparo teve 1457 casos notificados e, destes, 625 foram confirmados. Os meses de maior incidência foram: março, abril e maio, com declínio em junho.


  Compartilhar

Assinar o Jornal



Identificação do Assinante


Digite nos campos abaixo o seu e-mail ou CPF de cadatro em nosso site e sua senha de acesso.


Esqueceu o seus dados? Fale com a gente!

Assinatura