Por: A Tribuna
16/01/2024
08:01

O psicólogo Francisco Henrique de Oliveira, o Tito, foi o convidado especial uma para audiência online por iniciativa do MEC Ministério da Educação e Cultura, em Brasília (DF) na última quarta-feira 10 janeiro. A reunião ao vivo ocorreu em atendimento a uma solicitação de Wilma de Nazaré Baía Coelho, que contou com o apoio e a participação de Geane dos Santos Sousa, ambas diretoras do MEC.

O premiadíssimo projeto amparense “Uma Mensagem Pra Você” e o “EducAções” do Rotary Club de Amparo ocuparam a pauta do encontro com diversas explanações e esclarecimentos por parte do psicólogo Tito.

Entende o autor dos projetos que a proposta visa atingir milhões de estudantes, crianças e adolescentes, em todo o país, no que toca a saúde emocional.  Esta ousadia tem como denúncias cenários de caos que são registrados nas salas de aulas com conflitos em diversas temáticas como: preconceito, violência, suicídios, racismo, analfabetismo funcional, consumo de drogas, bullying, dependência digital, entre outros problemas que assolam a saúde emocional dos jovens.

A origem deste contato ocorreu quando da abertura de consulta pública, feita pela Secretaria de Comunicação da Presidência da República, SECOM - Secretaria de Políticas Digitais, sobre o uso de telas por parte de crianças e adolescentes. Em outubro de 2023 arquivos e documentos sobre os projetos amparenses foram disponibilizados para análises dos responsáveis pela SECOM.

Segundo o criador dos projetos a simples criação pela SECOM de um Guia de Orientação para os Pais não é medida suficiente para confrontar as situações comportamentais que afetam a saúde emocional dos alunos. O “Uma Mensagem Pra Você” e o “EducAções” pode agregar valores importantes nesta ação.
O projeto “Uma Mensagem Pra Você” é de pleno conhecimento da população amparense, pois funciona há 14 anos no sistema drive thru, com a distribuição gratuita de mais de 5 milhões de mensagens impressas, no centro da cidade, ao lado do Supermercado Guarani.

EducAções

Já o “EducAções” foi formatado a partir de uma solicitação do presidente do Rotary Sr. Luiz Schierano gerando assim a metodologia comportamental denominada “Caçadores de Mensagens”.
Tito, na audiência, defendeu a proposta disponibilizando-a para o governo federal, sem qualquer custo ou contrapartida e com plena concessão de todos os direitos autorais. A iniciativa tem como característica um processo de revolução comportamental, no qual alunos, professores e pais serão os protagonistas na operacionalização do mesmo conforme preocupação do Rotary Club.

Como sensibilização e argumentos o psicólogo trouxe no debate reflexões comparativas com eventos como o BBB e o site Kondzilla especializado no Funk, ambos mobilizando milhões de contatos de pessoas e jovens, mas sem nenhum resultado digno de qualificação psicossocial.

O EducAções tem como paradigmas básicos o encadeamento planejado de ações como: leitura, interpretação, reflexões, analogias, ‘tradução’ das mensagens em novas linguagens, soluções criativas para os desafios mentais; são alguns componentes para o enfrentamento do citado caos conforme inúmeros estudos acusam.

Uma destas denúncias se encontra devidamente apresentada no livro “A fábrica de cretinos digitais: Os perigos das telas para nossas crianças” tendo como autor o pesquisador e escritor francês especializado em neurociência cognitiva Michel Desmurget.

Desmurget em certo momento do livro declara sobre o desafio de enfrentamento do caos:
“Uma mosca atacando um elefante”: estas são as palavras que teria proferido Sébastien Castellion para definir o combate que ele travou em Genebra, cerca de meio milênio atrás.

Já o psicólogo amparense amplia ainda mais ao dizer sobre esta luta diante dos cenários digitais: “Em nosso caso somos uma mosca diante de uma manada”. Estas colocações foram como o pano de fundo da audiência do MEC, sendo que no final a diretora do MEC Wilma de Nazaré Baía Coelho parabenizou o psicólogo amparense e declarando que ações seriam implementadas com estudos junto à sua equipe de assessoria. Ao encerrar a audiência, entre os agradecimentos, Tito se colocou com total disposição, tanto a nível pessoal como em nome do Rotary Club de Amparo.

Concluindo observa-se que este evento teve importante significado quanto a valorização e a criatividade relativas aos projetos amparenses em questão, estimando que breve possam ocorrer novos contatos entre as partes.


  Compartilhar

Assinar o Jornal



Identificação do Assinante


Digite nos campos abaixo o seu e-mail ou CPF de cadatro em nosso site e sua senha de acesso.


Esqueceu o seus dados? Fale com a gente!

Assinatura