Por: A Tribuna
23/09/2021
09:00

Na última quarta-feira, 22 de setembro, o Jornal Oficial de Amparo publicou o Decreto nº 6.357, assinado pelo prefeito municipal Carlos Alberto Martins (MDB), que define regras que proíbem o acesso de pessoas que não se vacinaram contra a Covid-19 em prédios públicos no município de Amparo.

O decreto utiliza como base o Plano Nacional de Imunização contra a Covid-19, e leva em conta ainda, além de outros fatores, o decidido pelo Ministro do Superior Tribunal Federal (STF), Ricardo Lewandowiski, na Ação Direta de Inconstitucionalidade, que garante que a vacinação não pode ser obrigatória, mas que podem ser aplicadas medidas indiretas à pessoas que escolham não receber a vacinação, como restrição ao exercício de certas atividades ou acesso a prédios públicos, desde que previstas em lei

O decreto municipal passa a valer a partir do dia 27 de setembro, e determina que para ter acesso a prédios públicos será exigido o comprovante de vacinação contra a Covid-19, de pelo menos uma dose. A medida vale para todos os cidadãos, assim como para os funcionários da Prefeitura e do Serviço Autônomo de Água e esgoto (SAAE), como servidores públicos, estagiários, agentes políticos e prestadores de serviços. Os servidores municipais que não apresentarem documento comprovando a vacinação serão impedidos de iniciar sua jornada de trabalho e registrar o respectivo ponto, bem como a responsabilização funcional dos servidores, estagiários, agentes políticos e/ou prestadores de serviços.

Todos os prédios públicos que se enquadram neste decreto, deverão sinalizar de forma clara que o acesso está sujeito a apresentação do comprovante de vacinação.

Documentos de comprovação

Serão aceitos como comprovantes válidos da vacinação contra a Covid-19, o certificado de vacina digital, disponível na plataforma do Sistema Único de Saúde (Conecte SUS); o cartão de vacinação impresso em papel timbrado, emitido no momento da vacinação, seja por instituição governamental nacional, estrangeira ou institutos de pesquisa clínica. A comprovação será exigida apenas para pessoas maiores de 18 anos.

As pessoas que não se vacinaram por alguma indicação médica, deverão apresentar relatório médico justificando o motivo que o impede de receber as doses do imunizante.


  Compartilhar

Assinar o Jornal



Identificação do Assinante


Digite nos campos abaixo o seu e-mail ou CPF de cadatro em nosso site e sua senha de acesso.


Esqueceu o seus dados? Fale com a gente!

Assinatura
situs togel slot agen toto 4d togel macau slot mahjong wayz srbnews.id bandar togel online slot demo habanero situs slot pg soft wahtogel wahtogel unsurtoto unsurtoto unsurtoto unsurtoto unsurtoto unsurtoto situs togel online situs togel online togel macau togel slot