Por: A Tribuna
05/05/2021
08:05

As lojas de Amparo devem funcionar hoje, 7 de maio, das 9h às 20h, para atender os consumidores nas compras para o Dia das Mães. No sábado, dia 8, véspera da comemoração, o horário de funcionamento será das 9h às 18h. A informação está no site da Associação Comercial e Empresarial de Amparo (ACEA).

A entidade alerta ainda que o horário estabelecido em seu site é é apenas uma sugestão de horário de funcionamento. “É de inteira responsabilidade do comerciante verificar a permissão de funcionamento do seu estabelecimento bem como pagar os direitos legais do funcionário, de acordo com informação cedida pelo sindicato que lhe é pertencente”, lembra a entidade no seu site.

Segundo Domingo de Maio: Dia das Mães

No ano de 1907, no segundo domingo do mês de Maio, os amigos de Ana Jarvis, que vivia em Webster, nos Estados Unidos, resolveram prestar uma homenagem à mãe de Ana que havia morrido. Ana Jarvis, por sua vez, achou que todas as mães deveriam ser homenageadas junto com a sua. E assim foi feito.

No ano seguinte, a comemoração repetiu-se publicamente e assim todos os anos, até que o Presidente dos Estados Unidos oficializou o ato comemorativo.

No Brasil, a festividade foi introduzida, em 1919, pela Associação Cristã de Moços; no dia 05 de maio de 1932 foi oficializada pelo Decreto 21.336, assinado pelo então presidente Getúlio Vargas.

Uma pergunta deve ocorrer a todos nós: "Qual é o exato significado dessa comemoração?"

Devemos procurar não nos deixar atingir pela publicidade exagerada daqueles que querem aproveitar a data para ganhar mais dinheiro.

Devemos entender que o Dia das Mães é para enaltecer o amor e a gratidão; uma data que não significa apenas comprar presentes caros, muitas vezes acima das posses de quem os oferece.

E lembrando a origem da homenagem, quando as amigas da órfã Ana Jarvis resolveram celebrar a mãe falecida, temos o dever de pensar não apenas em nossa mãe, mas em todas as mães do mundo.

Temos o dever de pensar naquela que já não tem filhos para homenageá-la.

Temos o dever de pensar naquela que não consegue dar a seus filhos as condições mínimas de sobrevivência, aquela que passa seus dias contando o dinheiro para comprar o leite, a carne, o pão com que sustentar sua prole. E o que dizer das mães que são vítimas da violência doméstica?

Temos o dever de pensar que é o Dia das Mães e não apenas o dia de uma só mãe.

 

 


  Compartilhar

Assinar o Jornal



Identificação do Assinante


Digite nos campos abaixo o seu e-mail ou CPF de cadatro em nosso site e sua senha de acesso.


Esqueceu o seus dados? Fale com a gente!

Assinatura
situs togel slot agen toto 4d togel macau slot mahjong wayz srbnews.id bandar togel online slot demo habanero situs slot pg soft wahtogel wahtogel unsurtoto unsurtoto unsurtoto unsurtoto unsurtoto unsurtoto situs togel online situs togel online togel macau togel slot oryornoi naturalmarkeet mgjakartaselatan