Por: Fonte: Tribuna das Águas
05/01/2023
09:30

A Secretaria de Meio Ambiente da Prefeitura de Águas de Lindoia abriu nesta semana o cadastro para o Programa de Castração de Animais. Até o final de 2023 deverão ser atendidos até 1,2 mil animais entre cães e gatos. O procedimento poderá ser realizado em duas clínicas do município por meio de convênio em até 100 animais por mês.

Para ter acesso ao programa de castração animal os tutores dos pets deverão procurar a Secretaria de Meio Ambiente, localizada na sede da Prefeitura (Rua Profa. Carolina Froes, 321), e preencher um cadastro completo e solicitar a autorização.

O cadastro deverá ser feito até o dia 10 de cada mês. Para este mês o prazo de cadastro já está aberto e é obrigatório apresentar comprovante de endereço. O horário de atendimento será das 9h às 12h e das 13h às 17h.

Após a autorização de castração animal ser emitida, o tutor terá até 20 dias para agendar o procedimento junto à clínica responsável. Caso perca a data, uma nova autorização precisará ser solicitada e o agendamento repetido.

Segundo a Secretaria de Meio Ambiente está apta a fornecer mais informações e detalhes aos interessados em participar do programa de castração animal. O atendimento pode ser pessoalmente na sede da Secretaria por meio do telefone 3924 9300.

Por que se deve castrar animais pets?

Castrar o animal de estimação é uma decisão muito importante. Há uma grande preocupação com o controle populacional de cães e gatos, e a castração é uma das formas de evitar que animais (principalmente filhotes) sejam abandonados.

Veja alguns motivos para castrar os machos:

Evita fugas.

Evita o constrangimento de cães “agarrando” em pernas ou braços de visitas.

Evita a marcação do território (xixi fora do lugar).

Evita a agressividade motivada por excitação sexual constante.

Evita tumores testiculares.

Evita o aumento do número de animais de rua.

Veja alguns motivos para castrar as fêmeas:

Evita acasalamentos indesejáveis, principalmente quando se tem um casal de animais de estimação.

Evita o cancro nas glândulas mamárias na fase adulta.

Evita Piometra (grave infecção uterina) em fêmeas adultas.

Evita as “gravidezes psicológicas” e suas consequências como infecção das tetas.

Evita cios.

Evita o aumento do número de animais de rua.

Mitos e Verdades

Castração é um ato cruel e brutal. Mito! O procedimento de castração não causa sofrimento no animal.

Animal castrado não faz xixi por todos os cantos. Verdade! Problemas de comportamento, como a necessidade de urinar para demarcar território, são reduzidos ou eliminados

Castração faz o animal engordar. Mito! Somente o fato de castrar não determina que o cão ou gato engorde ou se tornará obeso.

A castração reduz riscos de problemas de saúde. Verdade! O risco de animais desenvolverem cânceres (tumores) em idade avançada é bastante reduzido com a castração.

Castração faz o macho perder a masculinidade. Mito! Machos castrados não se tornam homossexuais ou “menos machos”.

Fêmeas devem ter pelo menos uma cria antes da castração. Mito! Quanto mais cedo à fêmea for castração, menor será a chance de ela desenvolver algum tipo de tumor. O ideal é que a castração ocorra após o primeiro cio.

Animal castrado briga menos. Verdade! A agressividade contra outros machos é tipicamente relacionada à disputa pelas fêmeas.


  Compartilhar

Assinar o Jornal



Identificação do Assinante


Digite nos campos abaixo o seu e-mail ou CPF de cadatro em nosso site e sua senha de acesso.


Esqueceu o seus dados? Fale com a gente!

Assinatura