Por: Jornal A Tribuna
02/01/2023
10:00

A partir de 1º de janeiro de 2023, a Prefeitura de Serra Negra reterá imposto de renda incidente ao pagar mercadorias e serviços contratados a seus fornecedores. Órgãos da administração pública, autarquias, fundações municipais e empresas públicas foram autorizadas a fazer esse recolhimento por força do Decreto Municipal nº 5.480, de 26 de dezembro de 2022.

Até então, o IR era recolhido à Receita Federal do Brasil (RFB) para depois retornar ao município. Agora, com mudanças na interpretação de lei federal, a RFB expediu instrução normativa que possibilita ao município reter os valores que serão deduzidos dos recolhimentos totais apurados pelos contadores.

Conforme artigo 158 da Constituição da República Federativa do Brasil, o produto da arrecadação do imposto sobre a renda e proventos de qualquer natureza pertence aos municípios.

Não estarão sujeitos a essa retenção certos grupos elencados no artigo 4º da Instrução Normativa RFB nº 1.234, de 11 de janeiro de 2012, dentre os quais: MEI e optantes do Simples Nacional.

O Prefeito Elmir Chedid explicou haver a necessidade de padronizar os procedimentos para que a retenção e o recolhimento de tributos sejam realizados em conformidade com o que determina a legislação vigente, sem deixar de cumprir com as obrigações acessórias de prestação de informações à RFB e Receita do Município.


  Compartilhar

Assinar o Jornal



Identificação do Assinante


Digite nos campos abaixo o seu e-mail ou CPF de cadatro em nosso site e sua senha de acesso.


Esqueceu o seus dados? Fale com a gente!

Assinatura