Por: A Tribuna
17/05/2023
10:05

O Departamento de Fiscalização e Postura da Prefeitura de Socorro multou, por maus-tratos, o tutor que transportava seu animal no capô de um veículo. O caso ainda foi encaminhado à Guarda Municipal, que também autuou o carro.

“A maioria dos casos de maus-tratos atendidos ocorre devido à negligência dos seus tutores. Deixar o animal preso a correntes ou cordas, mantê-lo em local pequeno, sujo, sem ventilação, sem espaço para locomoção, sem acesso à água tratada, sem alimentação adequada e diária, sem assistência veterinária quando adoece ou se acidenta, ou sem abrigo coberto são formas de maus-tratos”, afirma o fiscal Vilson Marcelino de Souza.

Somente em 2023, a fiscalização já atendeu a mais de 120 denúncias de maus tratos a animais. Em todos os casos, o fiscal vai ao local, orienta o tutor em relação às condições ideais de alojamento, alimentação, saúde e bem-estar dos animais, bem como providências pertinentes à remoção de eventuais dejetos por eles deixados nas vias públicas.

A diretora de Fiscalização e Postura, Fabiana Duarte destacou que “é muito importante que a população denuncie caso identifique qualquer ato de maus-tratos a animais”. Em casos graves, os tutores são autuados. A multa pode chegar a R$ 5.254,50. Nos casos gravíssimos, é feita a remoção dos animais do local.

Denúncias podem ser feitas pelo do WhatsApp da Fiscalização: (19) 99613-7057.

 


  Compartilhar

Assinar o Jornal



Identificação do Assinante


Digite nos campos abaixo o seu e-mail ou CPF de cadatro em nosso site e sua senha de acesso.


Esqueceu o seus dados? Fale com a gente!

Assinatura
situs togel slot agen toto 4d togel macau slot mahjong wayz srbnews.id bandar togel online slot demo habanero situs slot pg soft wahtogel wahtogel unsurtoto unsurtoto unsurtoto unsurtoto unsurtoto unsurtoto situs togel online situs togel online togel macau togel slot oryornoi naturalmarkeet mgjakartaselatan