Por: Jornal A Tribuna
13/12/2022
10:30

A conquista recente de dois prêmios na área ambiental coloca Jaguariúna como referência nacional e destaque na Região Metropolitana de Campinas (RMC) no âmbito das ações globais de ESG, sigla em inglês para questões ambientais, sociais e de governança. Jaguariúna venceu o 8° Prêmio Ação Pela Água, promovido pelo Consórcio Intermunicipal das Bacias dos Rios Piracicaba, Capivari e Jundiaí (Consórcio PCJ), e ficou em primeiro lugar dentre as cidades da RMC no Prêmio Município Agro Paulista 2022, concedido pelo Governo do Estado de São Paulo.

O Programa Bacias Jaguariúna, um projeto que promove a recuperação e preservação de margens de rios, córregos e nascentes, foi o responsável por colocar o município na primeira colocação do prêmio do Consórcio PCJ, o “Oscar da Água”. A cidade é cortada por três importantes mananciais: os rios Jaguari, Atibaia e Camanducaia.

O programa promove o estímulo à recuperação e conservação de áreas importantes para a manutenção da qualidade e da quantidade de água - como margens de rios, córregos e nascentes. Quando essas áreas são devidamente protegidas, permitem que a natureza gere benefícios para a população da região, os chamados serviços ambientais.

Já o Prêmio Município Agro Paulista é oferecido pelo Governo de São Paulo aos municípios que adotam iniciativas sustentáveis e inovadoras para o fortalecimento do agronegócio no estado. Jaguariúna ficou entre as 50 melhores do Estado (45ª posição) e em 1º na RMC.

100% DE ESGOTO TRATADO
Neste ano, Jaguariúna também concluiu a obra que integra um conjunto de ações para ampliar o tratamento de efluentes na cidade. Com isso, o tratamento de esgoto na área urbana passou de 85,81% para 100%. Foi construída uma rede de esgoto para coletar e interligar todo o efluente dos bairros Nova Jaguariúna 1, 2 e 3, Colina do Castelo e Jardim Botânico até a estação elevatória de esgoto bruto 2, localizada no bairro Nova Jaguariúna. Dali, o esgoto é encaminhado à estação elevatória de esgoto da Praça das Andorinhas e, depois, até a Estação de Tratamento Camanducaia.

NOVA ETA
A Prefeitura de Jaguariúna também finalizou a construção da Estação de Tratamento de Água (ETA) 5, que amplia a capacidade de abastecimento da cidade em 50 litros por segundo. A unidade já está em operação em fase de testes, passando pelos últimos ajustes. Orçada em R$ 3,1 milhões, com recursos do Finisa (Financiamento à Infraestrutura e ao Saneamento), da Caixa Econômica Federal, a obra representa a retomada de investimentos na área de abastecimento de água.

“O conjunto dessas ações representa um dos maiores investimentos públicos da história de Jaguariúna em saneamento e abastecimento de água. São ações que visam atender bem a população da cidade para as próximas décadas, acompanhando o desenvolvimento de Jaguariúna”, afirma a vice-prefeita e secretária de Meio Ambiente de Jaguariúna, Rita Bergamasco.


  Compartilhar

Assinar o Jornal



Identificação do Assinante


Digite nos campos abaixo o seu e-mail ou CPF de cadatro em nosso site e sua senha de acesso.


Esqueceu o seus dados? Fale com a gente!

Assinatura
situs togel slot agen toto 4d togel macau slot mahjong wayz srbnews.id bandar togel online slot demo habanero situs slot pg soft wahtogel wahtogel unsurtoto unsurtoto unsurtoto unsurtoto unsurtoto unsurtoto situs togel online situs togel online togel macau togel slot oryornoi naturalmarkeet mgjakartaselatan jaigurudevashrammathura bo togel agen toto electrokwt