Por: A Tribuna
23/01/2024
14:01

Com o interesse do município de Amparo em aderir ao Consórcio Intermunicipal Cemmil para o Desenvolvimento Sustentável, uma reunião foi realizada na tarde de 17 de janeiro, na Câmara Municipal.

Na presença do prefeito Carlos Alberto Martins (MDN) e do superintendente do Cemmil, Ivair Biazotto, foram esclarecidas dúvidas e apresentados os serviços que são prestados pelo consórcio. "É uma complementação da administração pública na zeladoria da cidade, nos cuidados urbanísticos. Eles contratam a mão de obra que precisamos", resumiu o prefeito.

Para que a adesão seja autorizada, esteve em tramitação o Projeto de Lei  nº 01/2024 onde são detalhadas as condições administrativas. A proposta foi aprovada em sessão extraordinária realizada na sexta-feira, 19 de janeiro. O superintendente Ivair citou a redução de custos para os cofres municipais, a ampliação da capacidade de atuação e a melhoria na qualidade dos serviços públicos. "São 22 anos em que facilitamos os trabalhos dos municípios consorciados. E, nesse trabalho conjunto, valorizamos e fortalecemos a região, agregando valores regionais", declarou.

Atualmente, integram o Cemmil as cidades de Leme, Mogi Guaçu, Mogi Mirim, Aguaí, São José do Rio Pardo, Vargem Grande do Sul, Mococa, Espírito Santo do Pinhal e Santo Antônio do Jardim.

Para o município de Amparo, os custos mensais serão em torno de R$ 7 mil a título de rateio, e o município terá à disposição a contratação de diferentes profissionais para conservação de estradas, pedreiros, jardineiros, guardas patrimoniais, agentes administrativos e também ampliação de projetos como a regionalização das vendas agrícolas, por meio de uma Selo de Inspeção Municipal do Cemmil ao produtores locais.


  Compartilhar

Assinar o Jornal



Identificação do Assinante


Digite nos campos abaixo o seu e-mail ou CPF de cadatro em nosso site e sua senha de acesso.


Esqueceu o seus dados? Fale com a gente!

Assinatura