Por: A Tribuna
17/06/2020
13:06

Os vereadores votaram, em sessão extraordinária, realizada dia 8 de junho, a fixação dos subsídios dos agentes políticos para o próximo mandato, que se inicia em 1º de janeiro de 2021. Foram votados seis projetos diferentes, para os cargos de prefeito, vice-prefeito, sub-prefeito, secretários e vereadores. Os projetos mantiveram os subsídios atuais de todos os agentes políticos e foram aprovados por unanimidade em plenário.

Para o cargo de prefeito o subsídio aprovado foi de R$ 17.500,00 mensais, enquanto o vice-prefeito ficou com subsídio no valor de R$ 4.200,00. Os sub-prefeitos ficaram com subsídios no valor de R$ 4.350,00, um pouco acima do valor pago ao vice-prefeito, enquanto os secretários ficaram com subsídios no valor de R$ 8.150,00. Já no legislativo, o subsídio pago aos vereadores foi de R$ 4.200,00, com exceção do presidente, que recebe o valor de R$ 5.900,00.

Publicado no Jornal Oficial

Apesar de todos os projetos terem sido aprovados na mesma sessão extraordinária, apenas o projeto sobre o subsídio dos vereadores, de autoria do presidente da Câmara Municipal, Esequiel Pereira dos Santos – Pastor Esequiel (DEM) foi publicado na última edição do Jornal Oficial de Amparo, no dia 10 de junho. Os outros projetos, de autoria do Prefeito Municipal. Luiz Oscar Vitale Jacob (PSDB) devem ser publicados na próxima edição do Jornal Oficial.


  Compartilhar

Ler mais notícias em Política

Assinar o Jornal



Identificação do Assinante


Digite nos campos abaixo o seu e-mail ou CPF de cadatro em nosso site e sua senha de acesso.


Esqueceu o seus dados? Fale com a gente!

Assinatura