Por: A Tribuna
16/06/2021
16:06

Na próxima sessão, os vereadores terão que analisar e votar o veto do prefeito municipal Carlos Alberto Martins (MDB), ao Projeto de Lei (PL) nº 31/2021, que determinava que 20% da frota de ônibus do transporte coletivo urbano de Amparo deveria ser adaptado para pessoas PcD (pessoa com deficiência).

O PL nº 31, de autoria do vereador Carlos Benedito Cazotti (MDB), aprovado por unanimidade em plenário, foi vetado pelo prefeito com a alegação de que o projeto é inconstitucional. Segundo a equipe jurídica da Prefeitura, a Constituição Federal e a legislação federal já determinam que a frota do transporte coletivo deve ser integralmente acessível.

O veto do prefeito deu entrada na Câmara na última sessão ordinária, dia 11 de junho, e deverá ser votada pelos vereadores na próxima sessão, na segunda-feira, 21 de junho.   


  Compartilhar

Assinar o Jornal



Identificação do Assinante


Digite nos campos abaixo o seu e-mail ou CPF de cadatro em nosso site e sua senha de acesso.


Esqueceu o seus dados? Fale com a gente!

Assinatura
situs togel slot agen toto 4d togel macau slot mahjong wayz srbnews.id bandar togel online slot demo habanero situs slot pg soft wahtogel wahtogel unsurtoto unsurtoto unsurtoto unsurtoto unsurtoto unsurtoto situs togel online situs togel online togel macau togel slot oryornoi naturalmarkeet mgjakartaselatan