Por: A Tribuna
12/04/2021
15:04

O Partido Socialismo e Liberdade (PSOL) entrou com uma representação no Ministério Público (MP) do Estado de São Paulo contra o prefeito municipal de Amparo, Carlos Alberto Martins (MDB), em razão da compra de medicamento que não possui eficácia científica comprovada de benefício no tratamento e prevenção da Covid-19.

A representação foi feita pela deputada federal Sâmia Bomfim (PSOL-SP) e tambpem assinada pelao codeputada estadual Mônica Seixas (PSOL-SP) e pelo presidente do diretório municipal de Amparo do PSOL, Vinicius Kassouf.

Na representação, os integrantes do PSOL apontam informações do Portal da Transparência da Prefeitura, que mostram a aquisição do medicamento Azitromicina, a um custo de pouco mais de R$ 39 mil, com o intuito de ser utilizado pela rede básica de saúde e pelos polos de atendimento na forma de tratamento de prevenção a Covid-19.

O grupo defende que a utilização de pouco mais de R$ 39 mil dos cofres públicos configura violação a garantia ao direito à saúde. Os autores ainda pedem que o MP determine a instauração de inquérito civil para averiguar a eventual adoção de distribuição do chamado “Kit-Covid” pelo município.


  Compartilhar

Assinar o Jornal



Identificação do Assinante


Digite nos campos abaixo o seu e-mail ou CPF de cadatro em nosso site e sua senha de acesso.


Esqueceu o seus dados? Fale com a gente!

Assinatura
situs togel slot agen toto 4d togel macau slot mahjong wayz srbnews.id bandar togel online slot demo habanero situs slot pg soft wahtogel wahtogel unsurtoto unsurtoto unsurtoto unsurtoto unsurtoto unsurtoto situs togel online situs togel online togel macau togel slot oryornoi naturalmarkeet mgjakartaselatan