Por: A Tribuna
01/03/2022
14:03

Faleceu na tarde de sexta-feira, 25 de fevereiro, aos 93 anos, o ex-prefeito de Amparo, Clésio Moreira de Paiva Vidual. Ele estava internado na Santa Casa Anna Cintra, em Amparo.

Nascido em 7 de setembro de 1928, era filho de Sebastião de Paiva Vidual (falecido aos 101 anos, em 1998, nos albores do Terceiro Milênio) e da senhora Carmem Moreira Paiva (falecida em 27 de fevereiro de 1944). Foi casado, em primeiras núpcias, com a professora Nylze Lombardi de Paiva Vidual (falecida em 14/10/2014), de cuja união nasceram as filhas Ana Maria e Maria Rita. São netos do casal os jovens Júnior Ficondo, Renata e Fábio. Casou-se, em segundas núpcias, com a senhora Maria Sebastiana Rodrigues (Dona Nega), com quem residia no Bairro das Mostardas, no vizinho município de Monte Alegre do Sul.

Clésio Paiva foi presidente, durante décadas, do hospital Beneficência Portuguesa de Amparo (BPA), bem como fundador e primeiro proprietário do semanário “Folha de Amparo”, cujo acervo foi adquirido, em 1980, pelo jornalista Francisco Luzia Netto, que o editou até 1986.

Estreou no Legislativo amparense como primeiro suplente de vereador nas eleições municipais de 3 de outubro de 1955, pelo PRP, tendo assumido uma cadeira na Câmara Municipal de Amparo durante licenças dos titulares Alcides Postali e Pedro Alves Siqueira.

Foi eleito vereador de Amparo, pela ARENA, nas eleições municipais de 15 de novembro de 1968, tendo exercido o mandato de 1º/03/1969 a 1º/03/1972 (sexta legislatura). Foi reeleito vereador, pela ARENA, nas eleições municipais de 1972, tendo exercido o mandato de 1º/03/1973 a 1º/03/1976 (sétima legislatura). E, ainda, foi reeleito vereador, pela ARENA, nas eleições municipais de 1976, tendo exercido o mandato de 1º/03/1977 a 1979 (oitava legislatura), quando, então, renunciou ao mandato de vereador da Câmara Municipal de Amparo por conta de haver sido eleito, naquele ano, prefeito de Amparo; em seu lugar, no Legislativo amparense, assumiu o suplente sr. Alcyr de Mattos, que faleceu no exercício do mandato e foi substituído pelo terceiro suplente, sr. Arlindo Valdemir Guerato.

Clésio Paiva, eleito prefeito de Amparo em 29 de abril de 1979, tendo como seu vice o vereador Lázaro José Domingues (ARENA). Nesta eleição ele contou com o apoio do então prefeito Carlos Piffer (ARENA) e recebeu 3.739 votos (26,8%). A eleição marcou também a volta da eleição direta para prefeito em Amparo, fato que não ocorria desde 1967.

 Ele foi empossado em 10 de junho daquele ano, numa solenidade realizada na Associação Esportiva Irapuã. Ele havia sido eleito, inicialmente, para um mandato tampão de 21 meses, mas teve seu mandato prorrogado por mais dois anos, permanecendo no Executivo amparense até 1º de fevereiro de 1983, totalizando três anos e sete meses à frente do Executivo amparense.

Durante sua gestão como prefeito de Amparo, foi sancionada a Lei Municipal nº 1.057, de 12 de setembro de 1980, declarando de Utilidade Pública Municipal a Academia Amparense de Letras (AAL). Também foi durante sua gestão que foi doado o terreno em que seria construída a sede própria da Associação Guarda Mirim de Amparo, cuja pedra fundamental foi lançada em 1985.

Como prefeito de Amparo, Clésio Paiva reestruturou e renovou toda a parte de esgoto do distrito de Três Pontes. Existe, inclusive, uma placa localizada ao lado da Igreja de São Roque, naquele distrito, eternizando no bronze a gratidão dos moradores de Três Pontes ao então prefeito Clésio Paiva.

Como gestor municipal, Clésio Paiva demonstrou ser um administrador competente, sério e honesto, qualidades que eram reconhecidas até mesmo por seus adversários políticos. Contudo, após o término de seu mandato, afastou-se, definitivamente, da política partidária.

O prefeito de Amparo, Carlos Alberto Martins, decretou luto oficial de três dias. O corpo do ex-prefeito será velado no sábado, dia 26, em Monte Alegre do Sul, onde também foi sepultado.


  Compartilhar

Assinar o Jornal



Identificação do Assinante


Digite nos campos abaixo o seu e-mail ou CPF de cadatro em nosso site e sua senha de acesso.


Esqueceu o seus dados? Fale com a gente!

Assinatura