Por: A Tribuna
25/08/2020
15:08

A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Câmara Municipal de Amparo que apura fatos relacionados a publicidade institucionais da Prefeitura de Amparo e SAAE no Jornal Gazeta Amparense bem como reiteradas publicações de notícias de conteúdo duvidoso (Fake News) e eventual participação de agente político na linha editorial e patrocínio do semanário, no período de primeiro de janeiro de 2013 até a presente data começa a ouvir as testemunhas na quinta-feira, 27 de agosto.

No primeiro dia (27 de agosto) serão ouvidas 10 testemunhas das 9h30 às 16h, entre elas, ex-vereadores, jornalistas e empresários. Na sexta-feira, dia 28, serão ouvidas outras cinco testemunhas, das 9h30 às 13h30.

O requerimento para instalação da CPI é de autoria do vereador Gilberto Piassa (DEM) e foi subscrito por outros quatros vereadores: Osmar da Farmácia (MDB), Pastor Esequiel (DEM), Hélio Favoretto (DEM) e Dil (PSD).

Na sua justificativa, o vereador Gilberto Piassa relatou: “Considerando que a Prefeitura de Amparo e SAAE ao longo desses anos compraram espaço do jornal para publicidade institucional. Considerando que o jornal enfrenta diversos processos na Justiça por veicular Fake News e foi condenado a dar direito de resposta a algumas pessoas várias vezes. Considerando que em consulta ao site da Receita Federal foi demonstrado que o jornal está com situação INAPTA sem informações de quadro de sócios e administradores.”

Ainda na justificativa, o vice-presidente da Câmara Municipal juntou denúncia recebida por todos os vereadores, que contêm e-mail ligando o pré-candidato a prefeito Mário Auler (PSDB) à veiculação de notícia no referido jornal. Segundo os vereadores, o jornal Gazeta Amparense se notabilizou durante todo o governo do prefeito Luiz Oscar Vitale Jacob (PSDB) pela veiculação de notícias a favor da atual Administração de um lado, e pela perseguição política por outro lado de todos os principais líderes da oposição ao atual governo, inclusive, e principalmente, com notícias falsas e ataques à vida pessoal.

 

Segue relação de testemunhas e horário das oitivas:

Dia 27/08/2020:

Carlos Alberto Martins – 09h30

Edgar Jorge - 10h

Rafael Leopoldi Alves – 10h30

Maria Beatriz Moreira Andreatta - 11h

João Augusto Alamino de Souza Campos – 11h30

José Donisete Urbano – 13h30min

 Pedro Camilo Benedetti – 14h

Rogério Delphino de Britto Catanese -14h30min

Severino Aparecido Bruno – 15h

Paulo Domingues – 16h

 

Dia 28/08/2020

Carlos Eduardo da Silva Neves – 09h30

Ana Paula Poker Neves – 10h

Evelin Monti Ferreira – 10h30

Louriane Vieira Ribeiro – 11h

José Carlos Carnier - 13h30min


  Compartilhar

Ler mais notícias em Política

Assinar o Jornal



Identificação do Assinante


Digite nos campos abaixo o seu e-mail ou CPF de cadatro em nosso site e sua senha de acesso.


Esqueceu o seus dados? Fale com a gente!

Assinatura