Por: A Tribuna/Mkt
07/06/2022
13:06

Quem não adoraria ter uma renda extra? Praticamente todo mundo, afinal, ela pode ser muito útil em diversas situações. A renda extra pode ser uma alternativa para incrementar o orçamento familiar - quando as despesas estão muito altas - ou pode ser usada também para aumentar o nível de reserva financeira para planos futuros, a curto, médio ou longo prazo.
Organizar as finanças é um passo fundamental para a saúde financeira e, normalmente, quando pensamos em orçamento doméstico, pensamos logo em cortar despesas. Entretanto, muitas vezes, a estratégia pode ser outra: é preciso aumentar as receitas. 

Quais são as rendas que você pode ter?
Antes de mais nada, é importante entender alguns dos tipos de renda existentes. As mais comuns são:
* Renda principal: normalmente é a principal atividade/ocupação, que pode ser uma produção rural, um emprego, empresa, atividade autônoma, ou seja, é a renda do seu trabalho.
* Renda passiva: acontece quando você gera renda sem trabalhar, como nos investimentos ou aluguéis, que geram rendimentos financeiros para você. Já ouviu aquela frase: “dinheiro que trabalha para você”? É esse tipo de renda!
* Renda extra: é uma forma de complementar a renda principal, especialmente durante algum período específico. É possível gerar renda extra a partir de talentos, conhecimentos, recursos ou oportunidades.
É importante compreender que estes ganhos estão interligados como uma estratégia de geração de renda. Você pode iniciar uma atividade hoje, como uma forma de renda extra e, talvez, ela pode dar tão certo que venha a se tornar sua fonte principal.

 
Três passos para começar a trilhar o caminho da renda extra
Colocar ou não a nossa energia e força de vontade para buscar alternativas financeiras depende da nossa mentalidade, ou seja, da forma como pensamos. É preciso querer e estar disposto aos desafios que virão logo à frente. 
 
A vergonha e o medo poderão aparecer no início dessa busca. Sabe quando pensamos que algo nunca está bom? Ou quando julgamos que não somos bons o suficiente? Essa é uma forma de sabotar as possibilidades de tentar algo diferente. E não é só isso que pode limitar os seus passos: a acomodação e a procrastinação também paralisam. 
Se você pensa que não tem dinheiro, tempo ou sabedoria para começar a sua renda extra, a primeira dica é: planeje-se! O primeiro passo é buscar formas de tirar o seu projeto do papel e transpor estas barreiras iniciais. Opções não faltam, mas separamos três para você começar a avaliar algumas possibilidades:

1. Descubra o seu talento: pode ser um talento concreto, como tocar um instrumento, cantar,  cozinhar, costurar, conhecer em profundidade algum assunto, criar sites ou saber usar as mídias sociais. Também pode ser uma força interna, como coragem, comunicação e/ou superação. Portanto, procure se olhar a partir de todas essas perspectivas, veja o que você já desenvolveu e o que ainda poderá desenvolver.
2. Aprenda na internet: um segundo caminho possível para buscar formas de aumentar a renda é aprender algo novo e, para isto, temos uma grande aliada: a internet! Hoje em dia é possível aprender muita coisa na internet, sabia? 
3. Busque parceiros: quem eu conheço que pode fazer comigo? Busque parcerias! Elas são como pontes de cooperação, que podem multiplicar os ganhos! Reflita sobre suas possibilidades e vá em busca delas.  
Sabe aquele bolo maravilhoso que só você sabe fazer? Ou aquela lasanha que toda a família adora? E os reparos que você já fez na sua própria casa? Tudo isso são apenas algumas ideias. Construir um projeto de renda extra exige dedicação, estudo, planejamento, muito empenho e pode valer muito a pena para ajudar você e sua família a conquistar mais sonhos ou sair de uma situação financeira desafiadora.

Para mais dicas sobre como ter uma vida financeira mais sustentável, conheça mais do Cooperação na Ponta do Lápis, o Programa de educação financeira do Sicredi, acessando o nosso site: sicredi.com.br/site/napontadolapis.


  Compartilhar

Assinar o Jornal



Identificação do Assinante


Digite nos campos abaixo o seu e-mail ou CPF de cadatro em nosso site e sua senha de acesso.


Esqueceu o seus dados? Fale com a gente!

Assinatura