Por: A Tribuna/Mkt
18/08/2022
13:08

Para muitos brasileiros que querem iniciar no mundo dos investimentos, a poupança tem se mostrado a opção mais simples, prática e acessível. Se você ainda não tem muito conhecimento sobre o mercado ou, até mesmo pouco, dinheiro para investir, optar pela poupança pode ser uma ótima opção para começar. Nesse post, nós vamos te mostrar como começar a investir na poupança e apresentar as vantagens dessa modalidade para o investidor iniciante. Vem com a gente!
 
O que é e quem pode investir na poupança?
A poupança é a modalidade de investimento mais adequada para quem está começando a guardar dinheiro. É um produto acessível, de baixos valores de aplicação, sem custos, com rentabilidade garantida e de baixíssimo risco. O investimento pode ser adotado por qualquer pessoa, inclusive menores de idade, desde que contem com um representante legal. Abrir uma poupança, além de ser um processo bastante simples e prático, pode trazer muitos benefícios para você.
 
Isento de taxas e custos
Um dos principais pontos a favor desse tipo de investimento é a isenção de taxas e custos. A poupança é isenta de imposto de renda e IOF para pessoa física. Para pessoas jurídicas com fins lucrativos, a tributação de imposto de renda ocorre trimestralmente; para pessoas jurídicas sem fins lucrativos, a tributação acontece mensalmente, salvo em situações de isenção e imunidade amparadas na legislação vigente.
  
Rendimento mensal com o aniversário da poupança
O aniversário da poupança é uma data mensal em que a aplicação rende. Cada depósito possui um aniversário, isto é, o dia do mês em que foi feita a aplicação. A remuneração é colocada no mês fechado após a aplicação. Caso seja necessário sacar os recursos antes do dia de aniversário da poupança, ele não será remunerado pelos dias decorridos desde o último aniversário mensal e o valor do rendimento é creditado na data de aniversário da conta. Nas contas abertas ou depósitos efetuados nos dias 29, 30 e 31, a data de aniversário passa a ser o dia 1º de cada mês. Para PJ com fins lucrativos, a data de aniversário para render é trimestral. 
 
Liquidez diária: resgate do dinheiro a qualquer momento
O conceito de liquidez corresponde a facilidade e velocidade com as quais um ativo pode ser convertido em dinheiro novamente. Ou seja, é a capacidade de transformar um ativo (bens ou investimentos) em dinheiro. Levando isso em consideração, podemos dizer que, ao optar pela poupança, o investidor iniciante tem a garantia de liquidez. Visto que ao solicitar um resgate, os recursos caem na conta corrente no mesmo momento, de maneira simples e nada burocrática. A poupança apresenta liquidez diária, pois permite os resgates a qualquer momento, sem complicação.
 
Valor mínimo de aplicação acessível
O valor mínimo para começar a investir na poupança é R$1,00 seja pessoa física ou pessoa jurídica. Depois disso, não há valores mínimos. 
 
Outras vantagens da poupança
A poupança é um dos investimentos mais simples e seguros. A modalidade oferece remuneração garantida para o investidor. Fora, ainda, que não há incidência de tributação para pessoa física e jurídica sem fins lucrativos.  Ou seja, ela é a alternativa ideal para quem deseja começar a investir, uma vez que é um produto cujo funcionamento é simples, a rentabilidade é garantida, o dinheiro aplicado fica disponível para resgate imediato e oferece a segurança de um produto regulado pelo Banco Central. 


  Compartilhar

Assinar o Jornal



Identificação do Assinante


Digite nos campos abaixo o seu e-mail ou CPF de cadatro em nosso site e sua senha de acesso.


Esqueceu o seus dados? Fale com a gente!

Assinatura