Por:
13/05/2021
09:05

A Arábia Saudita suspendeu a autorização de exportação de carne de aves de 11 frigoríficos brasileiros, segundo uma nota dos Ministérios das Relações Exteriores e da Agricultura, divulgada na quinta-feira, 6 de maio. Entre os frigoríficos que prejudicados está  o da Seara Alimentos, em Amparo. O país é o segundo maior comprador de carne frango do Brasil.

O governo brasileiro recebeu a informação "com surpresa e consternação" e pretende levar o caso à Organização Mundial do Comércio (OMC) caso se comprove a imposição de barreira indevida. Em nota à imprensa, a JBS disse que procurou a Saudi Food and Drug Authority (SFDA) para "dialogar e entender as motivações para o bloqueio".

A autorização foi suspensa de cinco frigoríficos da Seara Alimentos: em Amparo (SP), Brasília (DF), Campo Mourão (PR), Caxias do Sul (RS), Ipumirim (SC), três da Vibra Agroindustrial: Itapejara D'Oeste (PR); Pato Branco (PR) e Sete Lagoas (MG) dois da JBS: em Montenegro (RS) e Passo Fundo (RS), um da Agroaraçá: em Nova Araçá (RS).

A Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA) disse, em nota, que está apoiando o governo na busca por mais detalhes sobre a "surpreendente decisão unilateral" das autoridades sauditas.

 


  Compartilhar

Assinar o Jornal



Identificação do Assinante


Digite nos campos abaixo o seu e-mail ou CPF de cadatro em nosso site e sua senha de acesso.


Esqueceu o seus dados? Fale com a gente!

Assinatura