foto de Casa do Teatro terá Cabaré, show de música e Rock and Roll
Hoje, sexta-feira, 12 de julho, às 20h23 a Cia.Lázara de Teatro estreia o Cabaré dos Corações Incendiários - um teatro de revista provocativo e debochado com cenas musicais e palavras incendiárias de nomes como Shakespeare, Antônio Abujamra, Edward Bond,
Por:
16/07/2019
16:07

Hoje, sexta-feira, 12 de julho, às 20h23 a Cia.Lázara de Teatro     estreia o Cabaré dos Corações Incendiários - um teatro de revista provocativo e debochado com cenas musicais e palavras incendiárias de nomes como Shakespeare, Antônio Abujamra, Edward Bond, Domingos de Oliveira, Alcides Nogueira, Marcelino Freire, Chico Buarque.  O ingresso é democrático e o espetáculo é recomendável a partir de 16 anos. A Casa do Teatro fica na Rua Barão de Campinas, 519, centro de Amparo.

No sábado, dia 13, a trupe amparense vai apresentar esse mesmo espetáculo no 7º Festival de Inverno, Teatro Garagem Fuscalhaço, em São Bento do Sapucaí, a convite de Sergio Khair.

Saiba sobre alguns números que serão apresentados

"O Defunto" ,do autor francês René de Obaldia, pertence à dramaturgia do Absurdo cuja característica é o rompimento com a linearidade aristotélica. Segundo Eugene Ionesco, um dos mais conhecidos autores do Teatro do Absurdo: "Absurdo é aquilo que não tem objetivo. Divorciado de suas raízes religiosas, metafísicas e transcendentais, o homem está perdido; todas as suas ações se tornam sem sentido, absurdas, inúteis.”.

Afinal, o que querem duas mulheres além da aparência do seu pequeno drama? Julie, a jovem viúva inconsolável e Madame Cavan, ex-amante do marido de Julie, Víctor. Duas mulheres que se dedicam a inventar uma simples aparência, para suportar a real condição de mulheres. O homem: o abismo da ausência, o "monstro" que as espreita dentro do seu próprio labirinto, justifica a ideia dessa construção mítica e desse espaço mágico.

Geni e o Zepelin - a clássica personagem criada por Chico Buarque, de sua obra Ópera do Malandro, ganhando novas facetas em um cabaré-rock de humor cruel, com direção musical de Vinicius Vaz. 

Homo erectus, o ferino conto-poema de Marcelino Freire de seu livro Balé Ralé, é um dos melhores contos gays publicados no Brasil nos últimos anos. O autor conseguiu habilidade no manuseio da ironia e do humor, contribuindo muito para afastar dessas narrativas o pior vício que, em geral, é encontrado na literatura engajada: o vício do panfletário.

Música no sábado

No dia 13 de julho, sábado, às 20h23, a banda Ubuntu volta a se apresentar na Casa do Teatro. Músicas autorais com a poesia e voz de jovens talentos da cena musical amparense, apresentando um repertório criado a partir de sensações cotidianas, de forma melódica e sentimental.  A banda é formada por Adriano Garcia (baixista), Tiago Henrique (guitarrista e cantor), Luccas Ortiz (percussionista), Lucas Oliveira (violonista, cantor e compositor) e Gabriela Batoni (violonista, cantora e compositora). O ingresso é democrático, cada um paga o que pode e o show é recomendável para todas as idades.

Domingo com muito rock

Show de estreia da Banda Bad Business, que é formada pelo ex-lethal FearNando Moraes nos vocais e guitarra, contando também com João Turolla, na guitarra, Renan Gerbi, no contrabaixo e Pedro Matoso, na bateria. O quarteto apresenta músicas do Heavy Metal clássico dos anos 70 a 90, como Black Sabbath, Judas Priest, Iron Maiden, Metallica, etc. e também o Hard Rock de arena de bandas, como Whitesnake, Poison, GNR, Alice Cooper, entre outros. Domingo, às 16 horas, com ingresso democrático.

 


    //ultimas noticias

Assinar o Jornal



Identificação do Assinante


Digite nos campos abaixo o seu e-mail de cadatro em nosso site e sua senha de acesso.


Esqueceu o seus dados? Fale com a gente!

Assinatura