Por: A Tribuna
28/08/2020
11:08

Na tarde de terça-feira, 25 de agosto, uma equipe da Polícia Militar foi acionada para averiguar o uso de documento falso por um motorista de uma carreta enquanto tentava entrar na empresa Química Amparo (Ypê).

Assim que os policiais abordaram G.L.N., o motorista da carreta, e solicitaram apresentação da Carteira Nacional de Habilitação (CNH), ele confessou que estava com a CNH falsa, comprada por R$ 1.700,00. Os policiais fizeram consulta via Prodesp e aplicativo de fiscalização do Denatran, foi confirmado a alteração na categoria e local de origem do documento, além de outros indícios, como qualidade do material de impressão, alinhamento, marcas d'água e a impossibilidade de leitura do QRcode.

O motorista recebeu voz de prisão por uso de documento falso e foi apresentado na Central de Flagrantes de Serra Negra, onde foi ratificada a prisão. G.L.N. ficou preso aguardando audiência de custódia.


  Compartilhar

Assinar o Jornal



Identificação do Assinante


Digite nos campos abaixo o seu e-mail ou CPF de cadatro em nosso site e sua senha de acesso.


Esqueceu o seus dados? Fale com a gente!

Assinatura