Por: A Tribuna
20/06/2022
10:06

No sábado, 18 de junho, as Forças Policiais da cidade de Amparo estavam a procura de um motorista que havia cometido infrações de trânsito. Segundo denúncia, havia a suspeita que condutor de um veículo da modelo Montana, cor preta, estaria embriagado e dirigia seu veículo em alta velocidade pelas ruas da cidade de Amparo.

Neste mesmo dia, esse motorista havia atropelado um ciclista que trafegava pela Rua Romeu Mezzacappa, no Jardim Itália. O ciclista estava a caminho do seu trabalho. O condutor da Montana, após provocar o acidente fugiu sem prestar socorro para a vítima.

A vítima teve ferimentos na face e foi socorrida para o Hospital Santa Casa Anna Cintra, onde recebeu os cuidados necessários e ficou de observação. A bicicleta ficou totalmente danificada. A ocorrência foi atendida pela Guarda Civil Municipal (GCM) de Amparo. Testemunhas chegaram a indicar o suposto condutor do acidente que seria J.C.B, 44 anos. Ele não chegou a ser detido A ocorrência foi registrada na Delegacia da cidade de Serra Negra.

Já no domingo, 19 de junho, na parte da manhã, o mesmo motorista J.C.B. voltou a cometer novos crimes de trânsito desta vez, fazendo uso de um carro de luxo, da marca BMW, cor prata. Na Rua Galvão Bueno, aproveitando da alta potência do veículo, dirigindo em alta velocidade e fazendo manobras perigosas, atropelou um outro ciclista que teve ferimentos nas mãos, em seguida colidiu com um carro que estava devidamente estacionado e logo fugiu novamente do local.

Devido as colisões e as manobras perigosas o veículo de luxo BMW teve o dois pneus estourados, mas isso não impediu que J.C.B., que aparentava estado de embriaguez, segundo testemunha, continuasse a trafegar pelas ruas da cidade causando grande barulho e perigo para a população em geral.

Diante de informações a Polícia Militar e a GCM estavam em alertas até que o motorista voltou a aprontar desta vez pela Rua Catânia, no Jardim das Orquídeas. Novamente ele colidiu com outro veículo causando enorme prejuízo para o proprietário. A Polícia Militar chegou no local imediatamente e diante dos fatos deu voz de prisão em flagrante para o condutor J.C.B. com base nos artigos 306 e 303  do Código Brasileira Trânsito (CTB) por dirigir sobre influencias de bebidas alcoolicas e do artigo  329 do Código Penal resistência a ordem de prisão legal.

O motorista J.C.B., visivelmente embriagado, reagiu a prisão e foi necessário utilizar forças moderada para conte-lo, sendo que o uso das algemas foi inevitável e até mesmo suas pernas tiveram que ser imobilizada para que não danificasse a viatura policial.

 Em seguida o autor foi conduzido para Delegacia da cidade de Serra Negra e seu veículo foi devidamente apreendido encaminhado para o pátio do guincho. Já na Delegacia, após o delegado de plantão tomar ciência de todos os fatos, ratificou a voz de prisão dadas pelos Policiais Militares.

O delegado amparado no que reza o artigo 334 do Código Penal afiançou a prisão no valor de R$ 12.500,00 de acordo com as condições pessoais, da situação financeira e vida pregressa do autor. J.C.B.. não conseguiu arcar com este valor e continuo preso aguardando a decisão da Justiça, Na segunda-feira, dia 20 de junho, ele deve passar pela audiência de custódia.

O primeiro acidente envolveu um ciclista que trafegava pela Rua Romeu Mezzacappa, no Jardim Itália

 


  Compartilhar

Assinar o Jornal



Identificação do Assinante


Digite nos campos abaixo o seu e-mail ou CPF de cadatro em nosso site e sua senha de acesso.


Esqueceu o seus dados? Fale com a gente!

Assinatura