Por: A Tribuna
25/08/2021
15:50

Alguns dias após a Comissão da Proteção e Defesa Animal da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), subseção de Amparo, solicitar a instauração de inquérito policial para apurar maus tratos a um cachorro, a Polícia Civil de Monte Alegre do Sul conseguiu identificar o autor dos maus tratos.

A denúncia feita pela comissão da OAB, apresentada as autoridades no dia 20 de agosto, continha um vídeo de uma câmera de segurança que expos o momento exato em que o homem, até então não identificado, dando tapas e chutando o cachorro, que estava sob sua tutela. O chute foi tão forte que o animal foi arremessado ao alto. No dia 23 de agosto uma nova denúncia indicando o suposto agressor foi recebida pela OAB, e repassada para a polícia.

Após investigações, na terça-feira, 24 de agosto, os policiais conseguiram identificaram o agressor como sendo C.C. O homem inclusive publicou um vídeo em suas redes sociais se explicando e pedindo desculpas pelo ato e se colocando à disposição das autoridades.

Segundo a OAB, o homem irá responder por maus tratos e pode perder a guarda do cachorro. Maltratar animais é crime prevista na Constituição Federal que pode ser punido com pena de reclusão de 2 a 5 anos, mais multa e perda da guarda para quem comete crime de maus-tratos contra os animais.

 


  Compartilhar

Assinar o Jornal



Identificação do Assinante


Digite nos campos abaixo o seu e-mail ou CPF de cadatro em nosso site e sua senha de acesso.


Esqueceu o seus dados? Fale com a gente!

Assinatura