Por: A Tribuna
16/09/2020
15:09

Uma equipe da Polícia Militar prendeu o indiciado A.A.S. na madrugada de segunda-feira, 14 de setembro, acusado dos crimes de ameaça e violência doméstica, de acordo com a Lei nº 11.340/2006. A polícia foi acionada duas vezes no prazo de quatro dias para atender ocorrência onde A.A.S. ameaçou e agrediu sua esposa e filha, no sítio em que moram no bairro rural dos Rosas.

A primeira ocorrência aconteceu na noite de sexta-feira, 11 de setembro, quando o indiciado estava embriagado e ameaçou sua família com um facão. Os policiais chegaram a tempo de desarmá-lo e imobilizá-lo. Ele foi apresentado na Central de Flagrantes de Serra Negra onde foi registrado o boletim de ocorrência de ameaça e da apreensão do facão. Como não houve representação dos familiares contra o indiciado, ele foi liberado.

Na madrugada de segunda-feira, os policiais foram novamente chamados pelas duas mulheres da família, alegando que haviam sido agredidas por A.A.S. Novamente os policiais chegaram o sítio e encontraram o indiciado embriagado ameaçando a família com uma foice. Ele foi desarmado e imobilizado pelos policiais. O indiciado, assim como sua esposa e filha, passaram por exame de corpo de delito no Hospital Beneficência Portuguesa de Amparo e foram apresentados no 1º Distrito Policial de Amparo. Depois de averiguar os fatos a autoridade policial determinou pela prisão de A.A.S. em flagrante. Uma fiança no valor de um salário mínimo foi estipulada, porém não foi paga pelo indiciado, que permaneceu preso, aguardando audiência de custódia.


  Compartilhar

Assinar o Jornal



Identificação do Assinante


Digite nos campos abaixo o seu e-mail ou CPF de cadatro em nosso site e sua senha de acesso.


Esqueceu o seus dados? Fale com a gente!

Assinatura