Por: A Tribuna
28/10/2021
11:20

Na noite de domingo, 24 de outubro, um homem agrediu um policial militar no estacionamento de um supermercado depois de discutir com uma mulher. Segundo o boletim de ocorrência, uma equipe da Polícia Miliar estava próxima ao estacionamento de um supermercado, na Avenida Doutor Carlos Burgos, no centro da cidade, quando visualizou uma discussão de um casal. Após a discussão, um dos policiais abordou o homem, pedindo seus documentos. O indiciado, G.L.O.F. não entregou e disse que se o policial quisesse deveria ir pegar. Em seguida o homem deu as costas para o policial e começou a filmar o policial militar e a viatura. Neste momento o policial deu voz de prisão ao indiciado por desobediência e desacato a autoridade. Neste momento, o indiciado partiu para cima do policial, dando dois socos, um foi defendido e o outro acertou a cabeça do policial. Após luta corporal, o indiciado foi imobilizado e algemado. A mão do indiciado ainda tentou intervir para evitar a prisão de G.L.O.F.

O policial e o indiciado passaram por exame de corpo de delito no Hospital Beneficência Portuguesa de Amparo (BPA), onde foram constatadas lesões no policial. O indiciado não teve lesão registradas. O indiciado foi apresentado à Central de Flagrantes de Serra Negra, e o delegado de plantão determinou o registro da ocorrência como desacato, resistência e lesão corporal contra o policial militar, mas não ratificou a prisão. G.L.O.F. foi liberando assim que a ocorrência foi registrada e irá responder ao processo em liberdade.


  Compartilhar

Assinar o Jornal



Identificação do Assinante


Digite nos campos abaixo o seu e-mail ou CPF de cadatro em nosso site e sua senha de acesso.


Esqueceu o seus dados? Fale com a gente!

Assinatura