Não tenha medo de falar não!

Já reparou quantas foram as vezes em que falou sim por causa de fatores externos? Falamos sim porque o outro espera que falemos, falamos sim porque vamos magoar o outro, porque assumimos um compromisso com o outro, porque o outro vai nos criticar, etc. quando em nosso coração a vontade era de falar não.

Claro que há momentos em nossas vidas que precisamos fazer o que não queremos e isso é inevitável. No âmbito profissional, por exemplo, não é possível faltar do serviço num dia de chuva em que a vontade era ficar deitado o dia todo assistindo séries de tv.

Mas na maioria das vezes, em nossas vidas pessoais nos boicotamos para agradar o outro, e isso se torna um vício. Somos acostumados a sentir culpa quando falamos não para o outro, mas não sentimos culpa por falar não para nós mesmos. Ou seja, preferimos trair a nós mesmos, que magoar alguém.  É então que vem o arrependimento, o conformismo, a apatia e até a depressão.

A faculdade que concluímos mesmo depois de ter descoberto no meio do caminho que não era aquilo que gostaríamos de fazer pois os pais ajudaram nas mensalidades, pois a sociedade iria julga-lo. O relacionamento infeliz que continuamos por causa dos filhos, por causa da família, por causa mais uma vez do medo da sociedade. O emprego desgostoso que insistimos em ficar porque se pedirmos a conta alguém vai fazer uma crítica, porque a empresa precisa de nós, porque esperamos o patrão nos valorizar. E até o seguimento religioso que continuamos a frequentar mesmo sentindo que não é aquele o nosso caminho espiritual, porque toda a família sempre frequentou aquele seguimento, porque assumimos determinados compromissos lá, porque se sairmos alguém vai falar que é influência espiritual, etc., etc., etc….

Passamos grande parte de nossas vidas fazendo coisas pelos outros e com medo da opinião dos outros. Quando a vida é só sua. Se você não lutar por sua felicidade, ninguém fará isso por você. Então pratique o não quando seu coração falar não!

Comece com coisas simples. Quando alguém te convidar a ir a algum lugar que você não queira ir, fale não. Claro que sempre há duas maneiras de falar: a grossa e a fina! Escolha a maneira fina, educada, com calma…. Mas fale não! E você começará a se perceber dono de si mesmo. A sensação de liberdade que um não pode nos dar é incrível e não é nenhum pecado cuidar de si mesmo. Cuide-se!

O único compromisso que você tem nessa vida é com você mesmo. E como sempre gosto de falar, se há outras vidas ou não, não sei, mas essa é única e a sua felicidade só depende de você! No fim, quando você desencarnar, não irão te perguntar o que os outros falaram de você, o que os outros fizeram para você e sim como você viveu, como você se cuidou, o que você fez

Comentários

comentários