Dicas nutricionais – Páscoa e chocolate

A páscoa é comemorada em vários países de formas variadas. Para os cristãos tem o sentido de vida nova, e a ressurreição vivida por Jesus Cristo. O dia deve ser de confraternização com os familiares, paz, harmonia e altruísmo.
Não podemos esquecer de falar sobre o ovo de páscoa que é o grande símbolo deste dia, simbolizando nascimento e vida nova. A troca de ovos de Páscoa possui um significado especial de oferecer a quem se gosta um carinho.

Páscoa sem chocolate não é páscoa! O chocolate é uma das paixões nacionais. É tão gostoso que poucos são os que resistem. “Não é preciso resistir ao chocolate, basta consumi-lo com moderação, como parte de uma dieta equilibrada”.O chocolate não é apenas o vilão da história por ser rico em gordura e calorias, ele também possui propriedades funcionais ao organismo, devido à presença de substâncias como os flavonóides, que possuem ação antioxidante, protegendo as células contra a ação de radicais livres.

Opte por consumir chocolate amargo, de preferência com 70% de cacau, eles tem mais massa de cacau, que contém polifenol, substância que auxilia na diminuição do colesterol ruim. O chocolate branco é mais nocivo, uma vez que não contém massa de cacau e sim a manteiga de cacau, tem mais gordura e mais calórico. Os chocolates ao leite são menos calóricos do que os recheados com cremes, licores, nozes, castanhas, amendoim, entre os outros recheados.

Também é importante tomar cuidado com o chocolate diet, pois ele é isento de açúcar, mas muitas vezes contém uma quantidade grande de gordura, o que o confere um valor calórico maior do que o chocolate tradicional. Procure observar o seu valor nutricional nas embalagens.

A qualidade funcional do chocolate , quando ingerido em quantidade moderada, é uma importante aliada da saúde e do bem-estar. Com o consumo diário de até 30 gramas de chocolate, conseguimos controlar os radicais livres do nosso organismo, moléculas que, em excesso, podem prejudicar a estabilidade das células. Esta funcionalidade do chocolate reduz as concentrações do colesterol ruim (LDL), aumenta o colesterol bom (HDL) e retarda o processo de envelhecimento celular.

O chocolate exerce fascínio sobre as pessoas por conter substancias como a cafeína, que é estimulante; a teobromina, que estimula o músculo do coração e o sistema nervoso e a feniletilamina, que é responsável pelo bom humor. Daí a razão de ser, de o chocolate trazer conforto e bem estar.

Mesmo conhecendo qual o melhor tipo de chocolate, vamos de algumas dicas para essa data tão gostosa, e para que assim não atrapalhe nossa forma física e saúde.
Não coma todos os ovos de páscoa de uma só vez, procure manter uma quantidade de no máximo 30g  de chocolate por dia. Isso significa um bombom ou 1 pedaço PEQUENO!!
Coloque chocolate picado no freezer e ao comer tente deixá-lo derreter na boca, como se fosse uma bala. Ajuda a saciar mais rápido a vontade de comer o chocolate todo.

Uma dica legal é comer pedaços de maçã ou pera antes do chocolate. Essas frutas ajudam a reduzir a absorção de gordura pelo organismo, devido a presença de pectina.
Para os intolerantes e alérgicos já existem opções no mercado (muito gostosas por sinal) sem glúten, sem lactose. Vale a pena verificar!

Espero ter contribuído um pouquinho para que essa páscoa seja mais saudável.
Abraço de luz e FELIZ PÁSCOA

Comentários

comentários