Por: A Tribuna
07/11/2019
16:11

Na tarde de quinta-feira, 7 de novembro, o vereador Antônio Fernando Pereira – Tustão (PSDB) foi preso em flagrante acusado de agredir sua irmã, A.P.P.L., com um soco. Segundo a vítima, que chegou sozinha à Delegacia, vestindo roupas de ciclismo, disse que ela e o irmão brigaram e o Tustão veio a agredi-la com socos. Após contar a versão para os policiais, ela foi realizar exame de corpo de delito no Hospital Beneficência Portuguesa. Na sequência, ela voltou à Delegacia e finalizou a queixa contra o irmão. O vereador Tustão chegou, também, à Delegacia acompanhado de guardas da Guarda Civil Municipal (GCM) de Amparo para prestar depoimento.

O que diz o vereador

Em sua versão, Tustão disse que sua irmã começou a ligar pedindo para se encontrarem na casa dele. Assim que chegou em casa, os dois começaram a discutir e ela partiu para cima dele, agredindo-o com arranhões. Em seu depoimento, ele alegou que acabou acertando um soco no olho direito de sua irmã, mas que estava tentando se defender. Tustão também realizou exame de corpo de delito que foi anexado ao processo.

Após escutar as duas partes envolvidas no caso, a delegada de plantão Nádia Cassia de Andrade ratificou a prisão em flagrante de Antônio Fernando Pereira - Tustão pelo crime de agressão à mulher, baseado na Lei Maria da Penha. Uma fiança no valor de R$ 3 mil foi arbitrada, e paga pelo indiciado. Após finalizado o registro da ocorrência, o vereador Tustão foi liberado e irá responder ao processo em liberdade.


  Compartilhar

Assinar o Jornal



Identificação do Assinante


Digite nos campos abaixo o seu e-mail ou CPF de cadatro em nosso site e sua senha de acesso.


Esqueceu o seus dados? Fale com a gente!

Assinatura