Por: A Tribuna
19/11/2019
15:11

Na tarde de quinta-feira, 14 de novembro, a Coordenadora de Políticas para a População Negra e Indígena de São Paulo, Regina Laura de Moraes Santos, esteve em Amparo, na companhia de Marinho Faria, para diversos compromissos com as autoridades para a discussão da Lei Estadual nº 14.187/2010, que dispõem sobre penalidades administrativas a serem aplicadas pela prática de atos de discriminação racial. A Coordenadora foi convidada para visitar Amparo tendo em vista as comemorações do Dia da Consciência Negra, celebrado no dia 20 de novembro.

Antes dos compromissos oficiais a coordenadora foi conhecer o projeto social “Bembolado – Esporte também Educa”, onde foi apresentada para os diretores do projeto, e também a Iara, aluna indígena do projeto que é a capitã da equipe de futebol feminino do Bembolado. Tanto Iara, quanto Fabiano Da Silva e Nelise Da Silva, coordenadores do projeto, foram convidados para acompanhar a Coordenadora em seus compromissos na cidade.

Regina Laura e sua comitiva estiveram com o prefeito Luiz Oscar Vitale Jacob (PSDB) no Paço Municipal, depois foram recebidas pelo presidente do legislativo, vereador Esequiel Pereira dos Santos – Pastor Esequiel (PSDB), e o vice-prefeito de Amparo José Ivo Vilas Boas – Biro Biro (PSDB), e a visita a cidade terminou na sede da OAB, com encontro com o presidente da OAB/Amparo Maurício Dermatte Júnior e à Comissão de Direitos Humanos.

Em todos os compromissos o assunto discutido foi o cumprimento da Lei Estadual nº 14.187/2010, através de um ofício enviado pelo Secretário de Justiça e Cidadania, Dr. Paulo Dimas Debellis Mascaretti.


  Compartilhar

Assinar o Jornal



Identificação do Assinante


Digite nos campos abaixo o seu e-mail ou CPF de cadatro em nosso site e sua senha de acesso.


Esqueceu o seus dados? Fale com a gente!

Assinatura