Por: A Tribuna
27/01/2020
17:01

Na noite de quinta-feira, 16 de janeiro, a Guarda Civil Municipal (GCM) de Amparo foi acionada por A.B.S.O., 24 anos, após ela haver sido agredida pelo seu próprio marido. Segundo a vítima, ela estava em casa quando seu marido, R.J.D.M., 28 anos, chegou, totalmente agitado, e começou a agredi-la. Ela conta que conseguiu escapar e, assim que pegou sua filha de seis meses, fugiu para a casa de um dos vizinhos. Quando chegou ao local, os guardas confirmaram que a vítima estava com os braços e pescoço com vários hematomas. A vítima ainda afirmou que, enquanto esperava pela GCM, seu marido ficou gritando por ela, dizendo que iria pegar uma “arma” e resolver a situação.

Os guardas encaminharam a vítima para o pronto-socorro do Hospital Beneficência Portuguesa de Amparo para realização de exame de corpo de delito. Na sequência, ela foi apresentada no 1º Distrito Policial para registro da ocorrência. Após o registro da ocorrência, o pai da vítima foi buscar filha e neta na Delegacia.


  Compartilhar

Assinar o Jornal



Identificação do Assinante


Digite nos campos abaixo o seu e-mail ou CPF de cadatro em nosso site e sua senha de acesso.


Esqueceu o seus dados? Fale com a gente!

Assinatura