Por: A Tribuna
30/01/2020
15:01

Na tarde de sexta-feira, 24 de janeiro, investigadores da Polícia Civil estavam realizando buscas na Estrada Vicinal Areia Branca, no Jardim São Lourenço, quando avistaram um homem com um rádio comunicador. Ao ser abordado, A.A.M., 32 anos, alegou que estava no local para caçar javalis na Fazenda Santa Cruz, e garantiu que o proprietário da fazenda tem todas as autorizações. Questionado sobre como iria caçar, o indiciado apresentou uma espingarda Rossi, carregada com um cartucho intacto. Ele ainda tinha outros três cartuchos intactos no bolso.

Diante dos fatos, A.A.M. recebeu voz de prisão em flagrante por falta de porte de arma, de acordo com o artigo 14, da Lei 10.826/2003, e foi apresentado na Delegacia. O delegado Fernando Ramon Petrucelli Moralez ratificou a prisão e determinou uma fiança de um salário-mínimo, que foi paga pelo indiciado. A.A.M. foi liberado para responder em liberdade, porém a espingarda e os cartuchos foram todos apreendidos.


  Compartilhar

Assinar o Jornal



Identificação do Assinante


Digite nos campos abaixo o seu e-mail ou CPF de cadatro em nosso site e sua senha de acesso.


Esqueceu o seus dados? Fale com a gente!

Assinatura