Por: A Tribuna
29/10/2019
10:30

Dos países em desenvolvimento, o Brasil é um dos mais urbanizados do mundo, onde até cidades pequenas e médias do interior estão se urbanizando e ganhando importância em distribuição populacional, centros acadêmicos e mão de obra qualificada, especialmente no setor imobiliário.

Isto impacta desde interessados pela compra de uma casa no interior – primando pela qualidade de vida e sossego – até aqueles que preferem o agito da capital e buscam por um aluguel em São Paulo.

Isso faz com que, atualmente, o Estado de São Paulo seja caracterizado por uma estrutura urbana heterogênea, que reúne uma diversidade incrível de culturas e também dos mais variados povos que compõe a sociedade brasileira.

Além do mais, é uma unidade da Federação que reúne a maior cidade do Brasil, sua capital de nome homônimo, além de diversas cidades interioranas tranquilas e extremamente amigáveis a turistas e moradores que migram de outras regiões para trabalhar e viver – não sendo difícil de encontrar uma variedade considerável de universitários, por exemplo, que buscam por imóveis em Campinas.

Características da região

O Estado de São Paulo localiza-se no sudeste do Brasil, na fronteira com o Oceano Atlântico. Sua área terrestre é delimitada pelos estados de Minas Gerais (nordeste), Rio de Janeiro (leste), Paraná (sudoeste) e Mato Grosso do Sul (oeste). Ele é um Estado que fica no coração da região sudeste, a mais desenvolvida e populosa de todo o Brasil.

Além do mais, ele é o Estado mais produtivo e populoso do país, respondendo por mais de um quinto da população nacional. Além disso, produz mais da metade da manufatura do país e grande parte de sua safra principal, especialmente na produção de café.

A esmagadora maioria de sua população é urbana e também suburbana. A capital do estado, São Paulo, é a maior cidade do Brasil (ultrapassando desde a década de 50 a cidade do Rio de Janeiro, que já foi capital do país) e também é um dos maiores centros urbanos do mundo, juntamente com Tóquio, a Cidade do México, Nova Iorque, Nova Deli, Seoul, Xangai e Los Angeles, por exemplo. Tamanha é sua fama, que a cidade de São Paulo é mundialmente famosa, sendo que em muitos países, algumas pessoas acreditam até mesmo que ela seja a capital do país, quando na realidade é Brasília.

História do Estado de São Paulo

Antes da chegada dos portugueses, os dois principais grupos indígenas eram os Tupi-guarani, que moravam na costa e no planalto, e também os Tapuia, que moravam no interior. Escravos negros africanos foram introduzidos na região pelos portugueses durante o século XVII, justamente para trabalhar nas fazendas de produção de café.

Com a devastação dos povos nativos e com mais imigração europeia (principalmente italiana, portuguesa e espanhola) a partir do final do século XIX, a população do Estado foi reduzida a três tipos de raças - branco, preto e mulato. Posteriormente, um pequeno número de imigrantes do Oriente Médio e de japoneses também chegaram à região, oportunizando um rico cenário de pluralidade cultural ao país.

 

Em nossa História, assim como nos outros Estados brasileiros, São Paulo tem a língua portuguesa como idioma oficial, de uso geral, sendo o inglês relativamente falado – além de dialetos e idiomas de povos provenientes de outras culturas, não sendo difícil encontrar colônias em meio às pequenas e grandes cidades contendo falantes de japonês, árabe, chinês, italiano...

Além do mais, em relação à religiosidade, o Estado de São Paulo é predominantemente católico romano, embora outras denominações cristãs sejam encontradas na região, especialmente as evangélicas pentecostais e neo-pentecostais.

A economia

Manufatura e serviços, principalmente focados na cidade de São Paulo e seus arredores, como por exemplo o mercado de construção civil para a oferta de imóveis em Amparo, respondem pela grande maioria da produção do Estado e empregam grande parte de seus trabalhadores.

Além da construção civil, as manufaturas incluem a fabricação de equipamentos eletrônicos, automóveis, bens de consumo e produtos alimentícios em geral.

A agricultura do Estado de São Paulo é amplamente mecanizada; deve sua modernização em grande parte à escola Luís de Queiroz e ao Instituto de Agronomia de Campinas. O café, que por muitas décadas foi a principal fonte de riqueza do Estado, ainda é responsável por uma parcela considerável do valor total do PIB do Estado de São Paulo.

E não é só isso: além do café, as culturas de cana-de-açúcar, algodão, milho, arroz, feijão, chá-mate, batata e também de frutas - como banana e laranja são bastante consideráveis no cenário nacional. Nas cidades do interior, especialmente as mais pacatas, o cultivo de porcos, ovelhas, cavalos e cabras também é bastante considerável..

Logística do Estado de São Paulo e sua importância no cenário nacional

O Estado de São Paulo possui uma extensa rede de rodovias. Santos é o porto mais movimentado do país e o maior porto de embarque de café do mundo. Os portos de São Sebastião, Iguape, Ubatuba e Cananéia, que são consideravelmente menores, servem ao comércio costeiro. A cidade de São Paulo possui um aeroporto internacional e é o centro das mais importantes instituições culturais do Estado.

A independência nacional do Brasil foi proclamada em São Paulo em 1822, quando a capitania se tornou uma província do novo império brasileiro. A região de São Paulo se tornou um estado quando a república foi formada em 1889. A importância política cresceu com a economia.

Os três primeiros presidentes civis do país após a queda do império em 1889 foram paulistas. Desde meados do século XX, os paulistas, que primeiro serviram como prefeitos da capital, como governadores ou como líderes políticos ou industriais locais, ocuparam a presidência, o gabinete e outras posições federais com significativa regularidade.

Agora que você conheceu um pouco sobre o Estado de São Paulo e suas principais características, aproveite para compartilhar esse post com outras pessoas, para que elas também possam conhecer essa grande potencia econômica e histórica desta incrível região brasileira, que consegue tanto reunir um dos maiores polos urbanos do mundo quanto cidades pacatas e com excelente qualidade de vida!


  Compartilhar

Assinar o Jornal



Identificação do Assinante


Digite nos campos abaixo o seu e-mail ou CPF de cadatro em nosso site e sua senha de acesso.


Esqueceu o seus dados? Fale com a gente!

Assinatura