Por: A Tribuna
06/11/2019
14:11

Visando modernizar o acesso às informações do trabalhador o Ministério da Economia lançou a Carteira de Trabalho Digital que substitui o documento físico e pode ser acessada através de aplicativo para smartphones. O documento possui validade jurídica, mas não substitui os documentos de identificação tradicionais.

O objetivo é facilitar a vida dos trabalhadores que terão o documento digital à mão sempre que precisarem fazer uma consulta. Todas as experiências profissionais formais estarão no aplicativo e o trabalhador passa a ser mais um agente fiscalizador de todo o processo e poderá verificar se a empresa informou o vínculo e forneceu as informações corretas nos sistemas de governo.

Pelo aplicativo será possível acessar informações de Qualificação Civil obtidas da Base de Dados do CPF (Cadastro de Pessoa Física) e os dados de Contratos de trabalho obtidos através da integração do CNIS e do eSocial. Desta forma, o documento digital exclui a necessidade do trabalhador se dirigir ao PAT para emitir a carteira física e também facilita os trâmites com o empregador, que fará toda a contratação através do eSocial (Sistema de Escrituração Digital das Obrigações Fiscais, Previdenciárias e Trabalhistas) utilizando apenas o número do CPF do trabalhador.

Para acessar a sua Carteira de Trabalho Digital é necessário fazer o download do aplicativo através das lojas de aplicativos do smartphone e fazer o cadastro no site acesso.gov.br. O documento digital está previamente emitido a todos os Brasileiros e Estrangeiros que possuem CPF.

Os trabalhadores que tiverem dificuldades para fazer a Carteira de Trabalho Digital podem se dirigir ao PAT (Posto de Atendimento ao Trabalhador) para receber orientação sobre os procedimentos necessários para cadastro.

 


  Compartilhar

Assinar o Jornal



Identificação do Assinante


Digite nos campos abaixo o seu e-mail ou CPF de cadatro em nosso site e sua senha de acesso.


Esqueceu o seus dados? Fale com a gente!

Assinatura