Por: A Tribuna
26/05/2020
09:05

Desde segunda-feira, 25 de maio, mais de trinta milhões de aposentados e pensionistas começaram a receber a segunda parcela do 13º salário. A antecipação dos recursos compõe as medidas do governo federal para o enfrentamento à pandemia. O valor a ser injetado na economia chega a quase R$ 24 bilhões.

As pessoas que recebem um salário mínimo, ou seja, R$ 1.045,00, devem perceber o dinheiro na conta entre os dias 25 de maio e 5 de junho. Já os segurados com salário superior a esse valor vão receber os pagamentos entre os dias primeiro e cinco de junho. 

O calendário de pagamento de benefícios para este ano está disponível na página do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), na internet. A data do pagamento é verificada com base no número do benefício, composto de dez dígitos. O número a ser observado é o penúltimo algarismo. 

Para ter direito ao 13º é preciso, durante o ano, ter recebido aposentadoria, pensão por morte, auxílio-doença, auxílio-acidente ou auxílio-reclusão. Quem recebe o Benefício de Prestação Continuada (BPC) e a Renda Mensal Vitalícia não tem direito ao abono anual.


  Compartilhar

Assinar o Jornal



Identificação do Assinante


Digite nos campos abaixo o seu e-mail ou CPF de cadatro em nosso site e sua senha de acesso.


Esqueceu o seus dados? Fale com a gente!

Assinatura