Por: A Tribuna
25/04/2022
09:04

Na segunda-feira, 25 de abril, o Projeto Luz e Sombras, em cooperação com o Centro de Referência em Saúde dos Trabalhadores (Cerest), exibirá no Auditório da Rádio Cultura FM mais uma produção consagrada do Cinema: “Silkwood – O Retrato de Uma Coragem”, que narra a história de Karen Silkwood, operária de uma usina nuclear que, após denunciar os abusos e violações da empresa em que trabalhava, acabou iniciando uma investigação por conta própria que pôs a sua vida em risco.

A exibição terá início às 19h30, no Auditório da Rádio Cultura situado na Praça Pádua Salles – Centro.

Sinopse

 O filme é de 1983 e baseado em uma história real e foi lançado nos cinemas nove anos após os eventos retratados no filme que ocorreram em 1974 e traz no elenco Meryl Streep, Kurt Russell e Cher. O suspense rendeu à Meryl Streep a indicação ao Oscar de Melhor atriz naquele ano, narra a história de Karen Silkwood que após denunciar os abusos e violações da empresa em que trabalhava, acaba iniciando uma investigação que pôs a sua vida em risco.

Ela fazia parte de um sindicato, acreditava que os gerentes falsificavam informações de segurança e arriscavam o bem-estar dos funcionários e acabou sendo contaminada com plutônio. Em uma verificação de rotina realizada em 5 de novembro de 1974, Silkwood descobriu que seu corpo continha 400 vezes o limite necessário de plutônio.

 Karen consultou o sindicato sobre suas preocupações. Viajou a Washington, D.C. para testemunhar perante a Comissão de Energia Atômica dos Estados Unidos e descobriu que os negativos das radiografias com raios X das barras de combustível nuclear haviam sido retocadas e que os registros das medidas de segurança inadequadas haviam sido completamente alterados.

 Quando acreditava que havia reunido documentação suficiente para fazer uma denúncia, ela fez contato com um jornalista do New York Times. Silkwood morreu em um acidente de automóvel. Acredita-se que ela estava carregando documentos que comprovavam as alegadas falsificações de controle de qualidade de barras de combustível nuclear.

Cenas

Cenas de “Silkwood” foram realizadas principalmente nos Estados do Novo México e do Texas. A exatidão dos fatos foi mantida em todo o roteiro. Mery Streep tinha acabado de filmar “A Escolha de Sofia” (1982) quando a produção começou e ela foi contratada para atuar. O filme marcou um ponto de partida para algumas de suas estrelas: é conhecido por ser uma das primeiras obras "sérias" de Cher, que antes era conhecida principalmente por sua atuação como cantora e não como atriz, e por Russell, que na época era amplamente conhecido por trabalhar no gênero de ação.

Cher e Meryl Streep afirmaram em entrevistas que ambas estavam secretamente nervosas por se apresentarem juntas na tela. Após o encontro inicial, elas se tornaram amigas íntimas e continuam amigas até hoje. Elas também comentaram que se davam bem com Kurt Russell no set de filmagens, a quem Cher descreveu como "como um irmão mais velho mandão" que ela adorava.

Tanto Cher quanto Meryl Streep receberam indicações ao Oscar por este filme, embora nomeados em categorias separadas (Atriz Coadjuvante / Principal). "Silkwood" transmite uma história de vida real altamente realista sobre uma jovem muito comum que, apesar de problemas pessoais e imperfeições, assume grandes riscos para fazer o que é moralmente correto. O filme tem momentos melancólicos com cenas bem feitas e ainda com um forte elemento de suspense. As cenas noturnas, tanto internas quanto externas, são impressionantes. “Silkwood- O Retrato de Uma Coragem” foi o primeiro filme onde as atrizes Cher e Meryl Streep trabalharam juntas.

Elas ainda atuaram juntas em “Ligada em Você”, que foi produzido no ano de 2003, e ”Mama Mia” em 2018. O terceiro filme é o único musical que elas fizeram juntas, apesar de ambas serem cantoras. Ironicamente, Meryl canta em Silkwood, mas não Cher.

Há uma cena na segunda metade do filme em que Karen e Dolly (Cher) se sentam na varanda da frente em um balanço; é noite; Dolly está chorando e Karen a tranquiliza com uma versão suave da música “Pretty Little Horses”. À medida que a câmera se afasta, vemos aquela casa monótona e solitária com uma melancólica Karen e Dolly, uma cena que é poderosamente sombria.

Embora tenha um ritmo lento “Silwood” é um filme brilhante com atuações fantásticas, envolventes e repletas de emoção que surpreende. A fotografia de Miroslav Ondrícekr reforça o poder dramático do filme que teve cinco indicações ao Oscar.

 

Serviço

Filme: “Silkwood – O Retrato de Uma Coragem”

Elenco: Meryl Streep, Kurt Russell, Cher, Craig T. Nelson, Diana Scarwid, Fred Ward, Ron Silver, Charles Hallahan, Josef Sommer, Sudie Bond

Roteiro: Nora Ephron e Alice Arlen foi inspirado na vida de Karen Silkwood

Música: Georges Delerue

Fotografia: Miroslav Ondrícek 

Figurino: Ann Roth

Direção: Mike Nichols. Uma produção da MGM – Metro Golden Mayer de 1983

Gênero: Drama e suspense

 


  Compartilhar

Assinar o Jornal



Identificação do Assinante


Digite nos campos abaixo o seu e-mail ou CPF de cadatro em nosso site e sua senha de acesso.


Esqueceu o seus dados? Fale com a gente!

Assinatura