foto de Rose Gypsy Jazz toca hoje na Casa do Teatro
Por:
10/06/2019
16:06

Hoje, sexta-feira, 7 de junho, a Banda Rose Gypsy Jazz convida a todos para a sua grande estreia na Casa do Teatro de Amparo, às 20h23. A entrada será em forma de ingresso democrático, ou seja, cada um paga o que puder.

A banda, formada em 2018, se resume em uma formação intimista que tenta reproduzir o contexto cultural tradicional americano, pautado principalmente no estilo que dá nome ao projeto. É composta por Camila Lima no vocal, Yukio Torihara no violão e guitarra, João Marcelo na bateria, Diego Mozer no contrabaixo acústico e Danilo Ciolfi no saxofone soprano.

O show tem uma veia cênica, sendo que, através de diferentes performances extramusicais – desde interações diretas com o público, cenários e figurinos bem definidos historicamente, interpretações musicais de forma teatral e dançarina explorando o sapateado da época - durante o espetáculo, o público é imerso no universo histórico-musical da apresentação.

Em seu repertório, apesar do ritmo gypsy predominar em seus arranjos, o grupo explora também outros estilos musicais inerentes à época e ao contexto americano como o jazz tradicional, o blues, blues-rock, a soul music negra e ritmos mais sulistas, por vezes dando um ar dançante e contagiante, sensual e misterioso e até momentos relaxantes e nostálgicos.

Ainda, para trazer um tom mais moderno e atrativo ao espetáculo, a banda interpreta, com arranjos próprios e originais dentro do contexto, não apenas canções tradicionais americanas e francesas de jazz, como também músicas atuais do universo pop americano e até canções brasileiras.

No quesito dança, a bailarina Heleonora Lucas, da Academia Ponto da Dança, de Amparo, fica responsável por trazer ao público belíssimas coreografias durante o show. Também contaremos com algumas participações de amigos artistas: Fernando Ferro, Larissa Coelho, Juliana Alcantara e Douglas Possidonio. Além disso Fabiane Bueno fará o registro fotográfico do espetáculo.

O Gypsy Jazz é um estilo musical dos anos 1930, também de chamado de jazz cigano ou jazz manouche, de origem francesa, mas também muito popularizado nos Estados Unidos, caracterizado pelo ritmo rápido, energético e dançante

A Casa do Teatro de Amparo fica na Rua Barão de Campinas nº 519, centro de Amparo.   


  Compartilhar

Assinar o Jornal



Identificação do Assinante


Digite nos campos abaixo o seu e-mail de cadatro em nosso site e sua senha de acesso.


Esqueceu o seus dados? Fale com a gente!

Assinatura