Por: A Tribuna
27/04/2021
09:04

O cantor Roberto Carlos completou 80 anos na segunda-feira, 19 de abril. Muita gente talvez não saiba, mas o cantor já realizou dois shows na cidade de Amparo. Nas duas ocasiões, o público presente ao evento foi muito grande. O primeiro evento aconteceu em 1967. Roberto Carlos se apresentou no ginásio de esportes da Associação Esportiva Irapuã; na ocasião, o clube completava seu 10º aniversário de fundação. Segundo diretores da época, todas as mesas colocadas à venda foram vendidas. Na época, Roberto Carlos mantinha um programa na TV Record e suas apresentações atraíam sempre um grande público.

A segunda apresentação foi em setembro de 1978 e aconteceu no ginásio de Esportes do Floresta Atlético Clube. Na ocasião, o show de Roberto Carlos foi contratado pelo Grêmio Recreativo Escola de Samba Acadêmicos Unidos de Amparo, a tradicional Verde e Rosa. Naquela ocasião, Roberto Carlos apresentava shows românticos e, novamente, o local da apresentação ficou lotado. Naquela época, foram vendidos dois tipos de ingresso. O primeiro tipo era para quem desejava ficar sentado. O segundo tipo de ingresso, para quem desejasse acompanhar a apresentação em pé.

Roberto Carlos Braga nasceu na cidade de Cachoeiro de Itapemirim, no Espirito Santo, em 19 de abril de 1941. Segundo a Pro-Música Brasil, Roberto Carlos é o artista solo com mais álbuns vendidos na história da música popular brasileira, tendo vendido mais de 140 milhões de cópias, incluindo gravações em espanholinglêsitaliano e francês, em diversos países.

Roberto Carlos é o quarto e último filho do relojoeiro Robertino Braga e da costureira Laura Moreira. A família morava no bairro do Recanto, numa casa modesta, no alto de uma ladeira. Ainda criança, aprendeu a tocar violão e piano – a princípio, com sua mãe e, posteriormente, no Conservatório Musical de Cachoeiro de Itapemirim.

Conhecido no Brasil e na América Latina como "Rei", Roberto Carlos começou a sua carreira no início da década de 1960 sob influência do samba-canção e da bossa nova. Com composições próprias, geralmente feitas em parceria com o amigo Erasmo Carlos, fundou as bases para o primeiro movimento de Rock feito no Brasil. Com a fama, estrelou ao lado de Erasmo e Wanderléa um programa na Record TV chamado Jovem Guarda, que daria nome ao primeiro movimento musical do rock brasileiro, e que os alçou Roberto ao status de ídolos da geração. Além da carreira musical, estrelou filmes inspirados na fórmula lançada pelos Beatles - como Roberto Carlos em Ritmo de Aventura (1968), Roberto Carlos e o Diamante Cor-de-rosa (1970) e Roberto Carlos a 300 Quilômetros por Hora (1971).

Na virada da década de 1970, tornou-se um cantor e compositor basicamente romântico, algo que não se modificou desde então. Logo também mudava seu público-alvo, que deixou de ser o jovem e passou a ser o adulto. Entre 1961 e 1998, Roberto lançou um disco inédito por ano. Atualmente, continua se apresentando com frequência, e estrela anualmente o especial intitulado Roberto Carlos Especial, exibido na semana do Natal pela Rede Globo. Dezenas de artistas já fizeram regravações de suas músicas.

height=461
O primeiro evento aconteceu em 1967. Roberto Carlos se apresentou na Associação Esportiva Irapuã

 


  Compartilhar

Assinar o Jornal



Identificação do Assinante


Digite nos campos abaixo o seu e-mail ou CPF de cadatro em nosso site e sua senha de acesso.


Esqueceu o seus dados? Fale com a gente!

Assinatura