Por: A Tribuna
19/03/2020
15:03

O PlayStation 5 (PS5) foi anunciado pela Sony oficialmente nesta quarta-feira, 18 de março. Como era aguardado por muitos fãs, as especificações do console incluem retrocompatibilidade com os jogos do PlayStation (PS4). Isso permite que games lançados para o videogame antigo sejam jogados também no PS5. O anúncio da Sony não divulgou preço e design do PS5, mas revelou os detalhes de sua ficha técnica.

A biblioteca disponível ainda não foi revelada. Segundo o arquiteto-chefe responsável pelo PlayStation 5, Mark Cerny, a retrocompatibilidade foi testada com os 100 melhores jogos do PS4 e a grande maioria deles funcionou perfeitamente.

livestream de apresentação do PS5 deixou algumas dúvidas na comunidade gamer. Na loja da PSN não há como pesquisar games mais jogados ou títulos mais famosos. Assim a “lista dos 100 melhores” é vaga e inconclusiva. Um texto no PlayStation Blog do vice-presidente de planejamento de plataforma, Hideaki Nishino, diz que o top 100 foi “classificado por tempo de jogo”.

Naturalmente, grandes sucessos como God of War 2018GTA 5Horizon Zero DawnBloodborneRed Dead Redemption 2The Witcher 3 e afins estão na lista de 100 melhores jogos, mas ainda é incerto quais deles estarão prontos já no lançamento. Hideaki lembra também que o PS4 teve mais de quatro mil jogos e que a retrocompatibilidade será ampliada conforme testes forem feitos. Para o lançamento do PS5, Nishino espera que “quase todos” dentre os 100 principais games já estejam disponíveis.

Cerny disse também que a retrocompatibilidade do PS5 com o PS4 não terá o problema que aconteceu na compatibilidade do PlayStation 3 com o PS2. O PS3 tinha um chip do PlayStation 2 no seu lançamento, mas esse chip foi retirado em versões posteriores para baratear o custo de produção e o preço do console, o que impediu a retrocompatibilidade. O arquiteto-chefe do PS5 afirmou que futuras versões mais baratas do lançamento ainda rodarão discos do Play 4.

O PS5 deve chegar ao mercado no fim de 2020, ainda sem previsão de chegada no Brasil. Ainda assim, conforme a pandemia de coronavírus evolua, adiamentos são bem possíveis de acontecer.

Fonte: https://www.techtudo.com.br/


  Compartilhar

Assinar o Jornal



Identificação do Assinante


Digite nos campos abaixo o seu e-mail ou CPF de cadatro em nosso site e sua senha de acesso.


Esqueceu o seus dados? Fale com a gente!

Assinatura