Por: A Tribuna
06/10/2021
14:30

Em celebração ao Dia das Crianças, a Cia Lázara de Teatro e Audiovisual irá fazer o lançamento oficial do média-metragem “O Mundo de Andersen”, produzido com recursos próprios, como forma de contrapartida pelo auxílio recebido da Lei Aldir Blanc, disponibilizados pela Prefeitura Municipal de Amparo, em parceria com o Conselho Municipal de Cultura (Comcult) de Amparo. A exibição de estreia acontecerá no dia 12 de outubro, a partir das 10h, nas páginas do Facebook e Instagram da Casa do Teatro.

O Mundo de Andersen

O média-metragem é a transposição audiovisual das três obras mais conhecidas do escritor dinamarquês Hans Christian Andersen: “O Valente Soldadinho de Chumbo e a Bailarina”, “A Nova Roupa do Imperador”, e “A Pequena Vendedora de Fósforos”.

O filme tem roteiro e direção de Alexandre Cruz, identidade visual de Debora Branco e trilha sonora de Vinicius Vas, e foi produzido em parceria com Anderson Almeida, Márcio Oliveira e a Red Onion Films, de Diogo Cappellette.

As três histórias

“O Valente Soldadinho de Chumbo e a Bailarina”

Num quarto de um menino, com muitos brinquedos, um soldadinho de chumbo, que tem uma só perna, se apaixona por uma bailarina. Transposta para a música e o cordel para contar essa história de amor comovente.

“A Nova Roupa do Imperador”

Nesta fábula atemporal, o autor faz diversas críticas sociais ao comportamento humano, tais como a vaidade, a mentira, senso comum e também sobre a ingenuidade das crianças. Um imperador que gostava tanto de roupa nova recebe em seu reino um espertalhão, que se diz alfaiate e promete tecer uma roupa especialíssima para ele: invisível, uma roupa mágica que só quem fosse inteligente podia enxergar.

height=700
O ator Gabriel Lujan interpreta o Imperador/Foto: Márcio Oliveira

“A Pequena Vendedora de Fósforos”

Na nossa versão contemporânea do clássico, Maria Clara é uma menina nerd, vegetariana, que, como sua avó Mirtes, tem um olhar crítico para um mundo cada vez mais consumista. Na véspera de um natal, Maria Clara se perde de sua avó, e acaba sendo sequestrada pelo casal de trambiqueiros Batuskela e Grudedi. Maria Clara é explorada, junto com outras crianças, vendendo fósforos na rua, sem perder a chama da fé de reencontrar sua avó.

Inventor moderno do gênero

O dinamarquês Hans Christian Andersen era ator, dançarino e foi um escritor muito aclamado pelo público, além de ter se tornado um dos principais contadores de histórias para as crianças. Ele foi o mais sentimental dos autores de contos de fadas, tendo criado 168 histórias, além de ter feito versões para as que já existiam, tornando-se o inventor moderno do gênero. No dia de seu nascimento, 02 de abril, comemora-se o Dia Internacional do livro Infanto-Juvenil.


  Compartilhar

Assinar o Jornal



Identificação do Assinante


Digite nos campos abaixo o seu e-mail ou CPF de cadatro em nosso site e sua senha de acesso.


Esqueceu o seus dados? Fale com a gente!

Assinatura