Por:
01/03/2022
11:03

Batman contará com pré-estreia hoje, dia primeiro de março, e quarta-feira, dia 2, no Cine Estação, em Amparo. As sessões acontecem às 19h e o filme será exibido em 2D dublado. A partir de quinta-feira, dia 3, o publico contará com sessões às 18h (2D dublado), de segunda a sexta-feira, e às 21h (2D legendado). Nos sábados e domingo o filme serão exibido às 15h (2D dublado), às 18h (2D dublado) e às 21h (2D legendado)

Após uma longa espera causada pela pandemia da Covid-19, Batman chega aos cinemas e traz Robert Pattinson como a sexta encarnação do herói da DC nas telonas. Cercado de enormes expectativas dos fãs, o longa com quase três horas de duração está sendo muito elogiado pelos críticos ao redor do mundo. Pattinson assumiu o manto do Homem-Morcego nos cinemas depois que Ben Affleck optou por abandonar o papel e sua última aparição interpretação do herói acontecerá em The Flash. Sua escalação causou controvérsia, muito por conta do passado do ator como protagonista da franquia Crepúsculo.

Com Matt Reeves (Planeta dos Macacos: O Confronto) assumindo a direção e o roteiro do longa --Affleck também era encarregado das mesmas funções, Batman passou a ser idealizado como uma aventura fora do universo compartilhado da DC que conta com a Mulher Maravilha de Gal Gadot e o Aquaman de Jason Momoa.

Sem as "amarras" da Liga da Justiça, Reeves criou um novo mundo para o herói, com elenco renovado e uma história voltada mais para o suspense do que para grandes cenas de ação com efeitos especiais. E o resultado deu muito certo.

Nos quadrinhos, Batman sempre foi descrito como o "maior detetive do mundo". No entanto, mesmo com sete filmes solos e dois envolvendo a Liga da Justiça, esta característica nunca foi utilizada. Isso sem contar que o herói, quase sempre, acabou ofuscado por seus vilões e seus intérpretes. Heath Ledger até venceu o Oscar por Cavaleiro das Trevas (2008). Em Batman, Reeves entrega um filme no qual o foco está totalmente no Homem-Morcego. Bruce Wayne, seu alter ego, tem muito menos destaque e importância no longa. Contra tudo e quase todos, Robert Pattinson entrega o que, talvez, seja a melhor interpretação do herói até hoje.

Seja como Batman ou Bruce Wayne, Pattinson incorpora o espírito misterioso e sombrio que representa o personagem em suas melhores histórias nas HQs. Eternamente traumatizado pela morte de seus pais quando criança, o herói carrega trevas em cada batalha a ser travada, e a expressão fria e ameaçadora do ator convence sempre que é necessário transmitir que o Homem-Morcego é a representação do medo na cidade de Gotham.

Além de Pattinson, todo o elenco secundário faz um trabalho primoroso em Batman. Zoë Kravitz brilha com a sua versão soturna e extremamente apaixonante de Selena Kyle/Mulher-Gato. As sequências em que ela divide a tela com o herói criam uma tensão sexual entre os personagens que representam exatamente as suas contrapartes nas páginas dos quadrinhos.

Entre os vilões, Paul Dano entrega um Charada que nada tem a ver com a versão exagerada e cômica de Jim Carrey em Batman Eternamente (1995). Principal antagonista do longa, o personagem é um psicopata inteligente e sádico, fato que o coloca na estante dos melhores que já enfrentaram o Batman nos cinemas.


  Compartilhar

Assinar o Jornal



Identificação do Assinante


Digite nos campos abaixo o seu e-mail ou CPF de cadatro em nosso site e sua senha de acesso.


Esqueceu o seus dados? Fale com a gente!

Assinatura