Por:
16/07/2019
13:07

O prefeito de Serra Negra, Sidney Ferraresso (DEM), se reuniu no início da noite de terça-feira, 2 de julho, no Palácio dos Bandeirantes (sede do Governo Paulista) para uma reunião com o secretário de Infraestrutura e Meio Ambiente, Marcos Penido, agendada pelo Deputado Estadual Edmir Chedid (DEM), que também esteve presente. Entre as principais reivindicações estiveram as soluções para as enchentes e o desassoreamento em lagos urbanos.

“Foi um encontro bastante objetivo e efetivo, em que apresentamos algumas reivindicações para Serra Negra, principalmente em relação às enchentes, no sentido de agilizar os projetos do DAEE (Departamento de Águas e Energia Elétrica) e também para o desassoreamento do Parque Represa Dr. Jovino (Barragem, principal reservatório da Sabesp no município), do Lago do Querência e Lago Seco”, afirmou o prefeito.

Ferraresso explicou que técnicos do DAEE estiveram em Serra Negra no dia 28 de maio, quando discutiram o combate às enchentes; apresentaram exemplos de projetos desenvolvidos pelo DAEE no estado e percorreram, acompanhados de engenheiros da Prefeitura, trechos dos cursos da água e nascentes do centro urbano do município a fim de desenvolver estudos complementares aos da Prefeitura e chegar a uma conclusão das obras ideais para resolver o problema das enchentes no município. Na ocasião, ficaram de retornar dentro de 15 dias, o que não ocorreu.

O órgão estadual respondeu, na mesma data da reunião, que, para apurar a ordem de grandeza das intervenções necessárias para o efetivo controle de cheias na região central do município, no momento está sendo desenvolvido um levantamento de todas as subbacias do Ribeirão Serra Negra, com o objetivo de definir os pontos notáveis, bem como o estudo hidrológico a fim de definir as vazões de pico e os volumes correspondentes para, posteriormente, haver a análise em relação às áreas inicialmente indicadas pela Prefeitura para implantação de reservatórios de amortecimento de cheias.

Quanto ao desassoreamento, o prefeito detalhou que o Executivo sugeriu à Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp) a locação de um terreno particular ao lado da Barragem para o depósito de material úmido para, depois de seco, ser encaminhado a um terreno do município, próximo à Represa Santa Lídia. A Sabesp aceitou, mas era preciso a aprovação da Companhia Ambiental do Estado de São Paulo (Cetesb). Técnicos da Cetesb deram sinalização positiva às áreas, nas quais estiveram em 25 de junho. Além da Barragem, o projeto contemplará, também, o Lago Seco e o Lago do Querência, no Bairro das Posses. Nesses locais, uma vez que a quantidade de material úmido é pequena, não haverá necessidade de aluguel de terreno para secagem, o que ocorrerá nas proximidades de suas próprias margens para posterior encaminhamento ao terreno próximo à Santa Lídia.

Ainda durante a reunião, Penido entrou em contato com a Sabesp para que se providencie o quanto antes aluguel do terreno e garanta uma área adequada para o depósito dos detritos de assoreamento, além de agilidade no processo licitatório para a contratação de uma empresa que realizará os serviços. O secretário estadual também solicitou ao DAEE a conclusão dos estudos de combate às enchentes o mais rápido possível para que seja desenvolvido um projeto e executadas as obras.

Edmir Chedid agradeceu ao secretário pela atenção e proficuidade e ressaltou que continuará intermediando as reivindicações de Serra Negra e cobrando do Governo Estadual quando for necessário.

Compareceram, também, o prefeito de Joanópolis, Mauro Garcia, os secretários de Meio Ambiente de Bragança Paulista, Alexandro Morais, e Joanópolis, João Henrique da Silva, além do assessor parlamentar da Secretaria Estadual de Infraestrutura e Meio Ambiente, Paulo Delgado, e do diretor do DAEE, Max Aguiar.


  Compartilhar

Assinar o Jornal



Identificação do Assinante


Digite nos campos abaixo o seu e-mail ou CPF de cadatro em nosso site e sua senha de acesso.


Esqueceu o seus dados? Fale com a gente!

Assinatura