Por: A Tribuna
07/04/2020
18:04

A Prefeitura de Amparo divulou hoje, 7 de abril, comunica que em 3 de abril, por volta das 14h42, um cidadão amparense esteve em uma Unidade de Saúde para o atendimento médico. Na ocasião, ele foi orientado para que permanecesse em quarentena. O paciente assinou o termo de consentimento livre e esclarecido e naquela ocasião foi colhido o material para envio ao Instituto Adolfo Lutz.

No mesmo dia, por volta das 16h30, a funcionária da Unidade encontrou com o homem em frente ao ponto de Táxi da praça Pádua Salles. O fato foi confirmado por uma segunda funcionária pública.

Desta forma, como cidadão, ele teria infringido o artigo 330, do código penal – Desobediência, pios não permaneceu em isolamento, que o paciente consentiu e assinou.

A Prefeitura de Amparo informa que monitora todos os casos suspeitos que até o momento não há casos positivos de Covid-19 – o coronavírus.


  Compartilhar

Assinar o Jornal



Identificação do Assinante


Digite nos campos abaixo o seu e-mail ou CPF de cadatro em nosso site e sua senha de acesso.


Esqueceu o seus dados? Fale com a gente!

Assinatura