Por: A Tribuna
09/06/2020
14:06

O Governo de São Paulo confirmou na terça-feira, 9 de junho, que hospitais da região de Campinas vão receber mais 62 respiradores até o final desta semana. A cidade de Amparo vai receber cinco respiradores. Os novos equipamentos permitem a ampliação de UTIs (Unidades de Terapia Intensiva) para garantir atendimento a pacientes contaminados pelo coronavírus que estão em estado grave.

Na véspera, o Estado havia anunciado que outros 15 aparelhos serão destinados ao AME (Ambulatório Médico de Especialidades) de Campinas. A unidade teve abertura antecipada e remodelagem de atendimento para reforçar a rede de saúde do interior no enfrentamento à pandemia.

A macrorregião de Campinas é subdividida em três DRSs (Departamentos Regionais de Saúde), que são subordinados à Secretaria de Estado da Saúde. Cada um deles determina capacidade de atendimento, transferências de pacientes e remanejamento de vagas de enfermaria e UTIs nos municípios.

A área do DRS de Campinas é formada por 42 cidades. Os 47 respiradores confirmados para a região nesta terça serão enviados a unidades hospitalares estaduais, municipais ou filantrópicas de nove cidades: Indaiatuba (5), Amparo (5), Campinas (10), Santa Bárbara D’Oeste (5), Jaguariúna (5), Sumaré (5), Nova Odessa (2), Americana (5) e Hortolândia (5).

Já o DRS com sede em Piracicaba coordena o atendimento em outras 26 cidades. A região vai receber dez respiradores que serão destinados a hospitais filantrópicos de Rio Claro (5) e Limeira (5). Por fim, o DRS baseado em São João da Boa Vista tem destinação prevista de cinco respiradores que irão equipar o hospital municipal de Itapira.

A distribuição é técnica e feita para locais com maior demanda de internações por COVID-19 e estrutura para novos leitos, permitindo ampliação da capacidade de atendimento da rede pública de saúde. Até o fim desta semana, o Governo do Estado pretende entregar 830 respiradores para hospitais de todo o estado.

O Governo de São Paulo já dobrou o número de leitos de terapia intensiva abertos desde o início da pandemia, ultrapassando 7 mil vagas para atendimento a pacientes graves. Com a chegada de mais respiradores, a rede segue em franca ampliação.

 


  Compartilhar

Assinar o Jornal



Identificação do Assinante


Digite nos campos abaixo o seu e-mail ou CPF de cadatro em nosso site e sua senha de acesso.


Esqueceu o seus dados? Fale com a gente!

Assinatura