Por: GB Edições
13/09/2019
11:00

Não tem desculpa. A ordem é se mexer. Está provado que as atividades físicas fazem um bem enorme para a saúde.

Devido ao ser de caráter lúdico, uma modalidade de exercício tem feito à cabeça dos frequentadores de academia e também daqueles que não levam as atividades físicas muito a sério. É o mini trampolim que promete fazer com que os praticantes da modalidade percam até 700 calorias depois de uma hora de exercícios, que consistem em pular e pular.

Os movimentos são simples, dinâmicos e muito fáceis de fazer. É só subir em uma superfície elástica individual e dar muitos pulos por ali.

Especialistas em condicionamento físico enumeram alguns motivos para se aderir a esta prática que promete perda de peso e enrijecimento das pernas. Além disso, aumenta a disposição para enfrentar o dia a dia; melhora a circulação sanguínea dos membros inferiores e assim ajuda na guerra contra a celulite; os músculos das pernas se desenvolvem e ficam durinhos, assim como os do bumbum; não provoca lesões porque a trama elástica absorve o impacto, e evita lesões nas articulações dos tornozelos, joelhos e quadril, favorecendo o condicionamento seguro; “seca” barriga, trabalha com o equilíbrio e, por isso, exige mais esforço da musculatura abdominal. E tem mais, além de simplesmente pular, com o mini trampolim é possível realizar outros exercícios.  Lembrando que é sempre recomendável buscar o aconselhamento médico antes da prática de exercícios físicos, principalmente se for pessoa sedentária.

E falando em sedentarismo, movimentar-se ainda é o melhor remédio para muitos males. Não importa qual seja a sua escolha, caminhar, nada, pedalar, o importante é “oxigenar os músculos e o cérebro”.

Há quem diga que pular corda proporciona uma enorme sensação de bem-estar. Talvez seja porque este exercício nos remete à infância.

Quando criança, uma das brincadeiras preferidas era pular corda. Era tão divertido que ninguém se importava com o cansaço ou com as “lambadas” da corda nas panturrilhas.

Então, é hora de reviver estes bons tempos. Se é sedentário, ou sedentária, vá com calma porque este exercício exige bom condicionamento físico; ele promove grande queima de calorias e melhora as condições cardiorrespiratórias. Pular corda fortalece as coxas, panturrilhas, o abdômen, os braços e ainda melhora a coordenação e o equilíbrio.

Não aprendeu a andar de bicicleta e acha que nunca vai conseguir equilibrar-se em cima de uma magrela? A solução para o seu caso é uma bicicleta ergométrica, aquelas que ficam fixas no chão disponíveis nas academias e que também você pode ter em casa, disponível o tempo todo. Basta você deixar a preguiça de lado e pedalar.

A bicicleta é uma maneira de manter a forma e eliminar aquelas gordurinhas que estão incomodando. Pedalar aumenta a resistência física, acelera o fluxo sanguíneo e trabalha os músculos das nádegas e pernas. A bicicleta também é ótima para corrigir a postura e ajuda a adquirir o hábito de fazer exercícios todos os dias. Para quem vai começar, é aconselhável fazer de 15 a 20 minutos seguidos, por dia e, aos pouquinhos, ir aumentando esse tempo. Isso vale para os ciclistas das bikes e das bicicletas ergométricas.

A natação é o mais completo exercício, pois envolve todos os músculos do corpo. É relaxante, além de recomendado pelos médicos para pessoas que sofrem de problemas respiratórios. É também ótima alternativa para melhorar a estética corporal, principalmente acima da cintura. E o melhor de tudo que pode queimar de 300 a 500 calorias por hora.

Sem dúvida, a caminhada é o mais popular e democrático de todos os exercícios. Não tem contraindicação. A caminhada por ser praticada por qualquer pessoa. É um exercício prazeroso, que favorece a oxigenação do organismo e ativa a circulação, aliviando o estresse, trazendo inúmeros benefícios ao coração, à mente e também aos pulmões. Como começar? Caminhe 10 minutos por dia, durante uma semana e, aos poucos, vá acelerando os passos e aumentando o trajeto percorrido. Aumente as distâncias de acordo com a sua capacidade respiratória.

 


  Compartilhar

Assinar o Jornal



Identificação do Assinante


Digite nos campos abaixo o seu e-mail ou CPF de cadatro em nosso site e sua senha de acesso.


Esqueceu o seus dados? Fale com a gente!

Assinatura